Data de papel

View developer profile of La Data de Papel (chirinajap) on HackerEarth. HackerEarth is a global hub of 3M+ developers. We help companies accurately assess, interview, and hire top developers for a myriad of roles. ¿Te acuerdas de este emblemático lugar? Pues ahora Google te lo muestra. “La casa de papel” (“Money Heist” en inglés) ha calado en éxito en todo el mundo luego de su estreno en Netflix. Con capítulos llenos de emoción e intriga, la serie no solo se ha difundido en España, sino también en Chile, Ecuador, México, Perú, Colombia, Venezuela y hasta el mismo Estados Unidos. La Casa De Papel é um dos mais assistidos e bem-sucedidos dramas não ingleses disponíveis na Netflix. É chamado Money Heist em Inglês.Você pode assistir todas as temporadas até agora no Netflix. A série, que foi criado por Álex Pina estreou pela primeira vez em 2 nd maio 2017 na Antena 3. No vídeo (acima) é possível ver os atores de ‘La Casa de Papel’ numa mesa e até as câ maras da produção. Ainda não há qualquer data de lançamento para a quinta temporada da popular ... Eight thieves take hostages and lock themselves in the Royal Mint of Spain as a criminal mastermind manipulates the police to carry out his plan. Watch trailers & learn more. La casa de papel: Parte 3 (Trailer) La casa de papel (Trailer) Parte 3 (Resumo): La casa de papel. Somos a resistência. La casa de papel: Parte 1 (Resumo) O Roubo: Partes 1 e 2 (Resumo) Episódios La casa de papel. Ano de lançamento: 2017. Oito assaltantes se trancam com reféns na Casa da Moeda da Espanha enquanto seu líder manipula a ... We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. ... Asa De Papel Recommended Gamification of Learning. Online Course - LinkedIn Learning. Creative Inspirations: Duarte Design, Presentation Design Studio. Online Course - LinkedIn Learning ... View the latest Portucel-Empresa Produtora de Pasta de Papel S/A (POELF) stock price, news, historical charts, analyst ratings and financial information from WSJ. The Tezenis La Casa de Papel capsule collection collection is waiting for you! Have fun creating brand new outfits that are suitable for any occasion. Quick refunds. ... data processing and IT service companies (e.g. web hosting, data entry, management and maintenance of IT infrastructures and services, e-mail marketing, Acquirer, etc.); Qual é a data de estreia? Mesmo com o início das gravações, a parte 5 de 'La Casa de Papel' só deve estrear no fim de 2021 ou no começo de 2022. A parte 3 foi lançada em 19 de julho de 2019 e a quarta temporada chegou à Netflix em 3 de abril de 2020. Neste caso, as duas temporadas foram gravadas ao mesmo tempo, durante oito meses.

jornalzinho do dia resumidaço

2020.09.24 22:35 MyRealNamexd jornalzinho do dia resumidaço

📰 NEWS, Ano 2, Nº 585 🗞
🗺 Notícias do Brasil e do Mundo
🗓 Quinta-Feira, 24 de setembro de 2020
⏳ 268º dia do ano
🌖 Lua Crescente 49% de visibilidade

💭 Frase do dia: Lute com determinação, abrace a vida com paixão, perca com classe e vença com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante. - Augusto Branco

✅ Hoje é dia...
• da Conscientização Para a Eliminação das Armas Nucleares
• Marítimo
• do Mototaxista
• da Fundação da Honda

😇 Santos do dia:
• Nossa Senhora das Marcês
• São Gerardo Sagredo

🎂 Municípios aniversariantes:
Fonte: IBGE
• Cachoeira Alta-GO
• Catanhede-MA
• Coreaú-CE
• Mar de Espanha-MG
• Paraibano-MA
• Santa Mercedes-SP
• São Domingos do Maranhão-MA
• São José de Piranhas-PB
• São José de Ribamar-MA
• Tramandaí-RS
• Urupês-SP

🇧🇷 BRASIL GERAL 🇧🇷
😷 Brasil acumula 4,6 milhões de casos e 138,9 mil mortes por covid-19; Ainda de acordo com a atualização, 493.022 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.992.886 já se recuperaram. As autoridades de saúde ainda investigam 2.422 mortes.
✍ Ministro da Economia diz que reforma deve ter tributos alternativos.
✍ Governo lança edital de projeto para reduzir letalidade infanto-juvenil.
✍ Governo e líderes decidem apoiar derrubada de veto à desoneração da folha de empresas.
✍ Governo recorre de decisão que suspende convocação de peritos do INSS.
✍ Presidente Bolsonaro dará palestra para cadetes nesta quinta no Rio.
✒ Eduardo e Flávio Bolsonaro visitam aldeia em Manaus-AM.
✒ Líder diz que base de Bolsonaro no Congresso vai construir alternativa para o Renda Brasil.
✒ Não há 'ambiente político' para discutir nova CPMF, diz presidente da comissão da reforma tributária.
✒ Senado aprova três indicados de Bolsonaro para cargo de ministro do Superior Tribunal Militar.
✒ Alcolumbre diz ver 'sentimento grande' pela derrubada do veto à desoneração da folha.
✒ Senadores da Comissão do Pantanal aprovam cronograma de trabalho.
✒ Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro.
⚖ Gilmar Mendes suspende ação contra Alexandre Baldy.
⚖ STF mantém contribuição sobre a folha de pagamentos para o Sebrae.
⚖ TRT propõe aplicação de layoff e reversão de demissões na Embraer.
⚖ Defesa de Flordelis pede ao STF que suspenda ordem sobre uso de tornozeleira eletrônica.
⚖ MP denuncia Alexandre Frota por falsidade ideológica em alteração societária de empresa de publicidade em São Paulo.
⚖ TCU aprova auditoria para apurar falhas na fabricação e distribuição de soro antiofídico.
⚖ Defesa de Witzel volta a pedir suspensão de processo de impeachment ao STF.
⚖ Marco Aurélio envia a plenário virtual recurso de Bolsonaro para prestar depoimento por escrito.
⚖ PDT pede ao Supremo que mande Bolsonaro explicar falas na ONU sobre Amazônia e Pantanal.
⚖ MPF pede que Justiça Federal no DF decida sobre pedido de afastamento do ministro Ricardo Salles.
⚖ STF decide se Brasil pode julgar Alemanha por barco afundado por nazistas.
⚖ Volkswagen faz acordo com MPF para reparar violações dos direitos humanos durante a ditadura.
⚖ Nova fase da Lava Jato investiga se fornecedora da Petrobras pagou US$ 40 milhões em propina por contrato de US$ 2,7 bilhões.
⚖ Operação da PF apura desvios no SUS de mais de R$ 2 milhões.
⚖ PF cumpre mandados na 75ª fase da Operação Lava Jato.
📌 INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135.
📌 Enem: estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro.
📌 Refugiados venezuelanos podem contribuir para desenvolvimento do país.
📌 Bombeiros da Força Nacional vão combater incêndios em Mato Grosso.
📌 Promoção em massa leva 606 procuradores da AGU ao topo da carreira com salário de R$ 27 mil.
🍀 Loteria: Mega-Sena, concurso 2.302: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 50 milhões; As dezenas sorteadas: 18 - 22 - 25 - 27 - 43 - 44.

🇧🇷 BRASIL REGIONAIS 🇧🇷
🔖 Polícia do Rio faz operação contra quadrilha que frauda bilhete único.
🔖 Alerj aprova admissão de impeachment de Witzel por unanimidade.
🔖 Câmara rejeita pedido de cassação do prefeito de Cubatão-SP.
🔖 Parque Estadual do Ibitipoca-MG reabre para visitação no dia 30 de setembro.
🔖 Fernando de Noronha vai reabrir turismo a partir de 10 de outubro.
🚒 Carretas se chocam e derramam etanol e nitrogênio na rodovia Anchieta em Cubatão-SP.
🚒 Homem cai de laje e é resgatado pelo Águia em Campos do Jordão-SP.
🚒 Carreta tomba e derrama 26 mil litros de combustível na BR-406 em Gonçalo do Amarante-RN.
🚓 Pastor é preso após abusar de menina de 13 anos em Brasília.
🚓 Polícia Federal apreende quase 750 kg de cocaína que seriam levados ao Porto de Santos-SP.
🚓 Elias Maluco morreu por asfixia mecânica, diz atestado de óbito.
🚓 Suspeito de homicídio no Ceará é preso em Santos-SP após postar foto nas redes sociais.
🚓 Pastor é preso após quatro acusações de abuso sexual contra jovens de igreja em Peruíbe-SP.
🚓 Mulher internada para fazer cirurgia some de hospital e é achada morta no Rio de Janeiro.
🐾 Onça-pintada ferida em incêndios no Pantanal é tratada com células-tronco e se recupera.
🐾 Duas aves ameaçadas de extinção são vistas em área de represa entre os municípios de Fronteira-MG e Icém-SP.
☔ Chuva no Rio de Janeiro em um dia supera média do mês.
☀ Setembro termina quente e outubro começa um forno no Brasil.

🗳 ELEIÇÕES 2020 📩
🔰 Ministro Barroso pede que partidos façam campanha contra notícias falsas.
🔰 Capitais têm mais de 24 mil candidatos a vereador aprovados em convenções; nº de registrados deve ser recorde.
🔰 Em reunião, presidentes de partidos criticam cota para negros já em 2020.
🔰 Mesmo com recorde de candidatos a vereador, percentual de mulheres concorrendo não aumenta nas capitais e segue próximo do obrigatório por lei.
🔰 Partido Novo suspende Filipe Sabará e determina interrupção de sua pré-campanha à Prefeitura de SP.
📊 Pesquisa Datafolha: Russomanno lidera disputa para prefeito de SP com 29%, e Covas tem 20%.

🌎 INTERNACIONAL 🌍
🇫🇷 Torre Eiffel é esvaziada em Paris; Não há confirmação se o esvaziamento ocorreu após uma ameaça de bomba, como informaram alguns veículos de comunicação.
🇨🇳 China promete "neutralidade carbônica" até 2060.
🇫🇷 França tem mais de 10 mil novos casos de covid-19 em um dia.
🇺🇸 Celebração do Ano Novo na Times Square, em Nova York, será virtual.
🇪🇺 UE apresenta novo Pacto sobre Imigração e promete reforçar controles das fronteiras.
🇺🇸 Policial envolvido em morte de Breonna Taylor responderá por colocar vizinhos em perigo, decide júri dos EUA; Milhares protestam após decisão.
🇪🇸 Madri pede mais médicos e policiais em meio a aumento de casos de coronavírus.
🇺🇸 Biden conquista apoio de viúva de McCain, e Trump faz comício na Pensilvânia.
🇺🇳 Recorde de frio no Hemisfério Norte, com -69,6°C, é divulgado 28 anos depois do registro.
🇸🇦 Peregrinação muçulmana a Meca será retomada em outubro.
🇧🇾 Lukashenko presta juramento em cerimônia secreta em Belarus.
🇦🇺 Ao menos 380 baleias morrem encalhadas no sul da Austrália.
🇺🇸 Trump diz acreditar que eleições de 2020 vão acabar na Suprema Corte.

💰 ECONOMIA 💲
💰 Ibovespa fecha em queda e vai ao menor patamar desde junho com exterior; dólar sobe a R$ 5,58.
💰 Federação de Bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia.
💰 Mais de 1,2 mil municípios aderiram ao sistema de compras do governo.
💰 ANP realiza mais de 7,4 mil fiscalizações no semestre.
💰 Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,7 bilhões.
💰 Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia.
💰 Pandemia reduz em um décimo renda mundial obtida com trabalho, diz OIT.
💰 Indústria da construção mostra sinais de recuperação, diz CNI.
💰 Prévia da inflação em setembro fica em 0,45%, diz IBGE.
💰 Caixa paga auxílio de R$ 300 para beneficiários do Bolsa Família.
💰 Com superávit de US$ 3,7 bilhões em agosto, contas externas têm saldo positivo pelo 5º mês seguido.
💰 Em meio à pandemia, gasto de brasileiros no exterior em agosto é o menor para o mês em 16 anos.
💰 Cenário segue desafiador para setor hoteleiro, mas turismo de lazer já se recuperou, dizem especialistas.
💰 Custos industriais caem 1,5% no segundo trimestre.
💰 Itaúsa planeja ir às compras e comprar negócios de até R$ 2 bilhões, diz Setubal.
💰 Ações de bancos caem até 3%; Petrobras tem baixa e Vale sobe 2% apesar de commodities, enquanto Localiza, Unidas e IRB disparam.
💰 Coworkings serão alternativas para flexibilidade do trabalho no futuro, diz head da WeWork.
💰 Membros do Fed prometem manter juro perto de zero e pedem mais ajuda fiscal.
💰 Magazine Luiza é a varejista mais admirada do país, segundo ranking Ibevar-Fia.
📊 Indicadores:
🏦 Ibovespa 95734 pontos 📉
💵 Dólar Australiano R$ 3,952 📈
💵 Dólar Canadense R$ 4,176 📈
💵 Dólar Comercial R$ 5,586 📉
💵 Dólar Turismo R$ 5,88 📈
💶 Euro R$ 6,459 📈
💷 Libra R$ 7,086 📈
💸 Bitcoin R$ 58.002,34 📈
🔶 Ouro (g) R$ 334,05
⚪ Prata (g) R$ 3,9986
⛏ Minério de Ferro 62% US$ 125,73
⛽ Petróleo Brent (barril) R$ 232,13
🐂 Boi (@) R$ 254,20
🎋 Açúcar Cristal (saca) R$ 86,77
💨 Algodão-MT (@) R$ 98,06
☕ Café (saca) R$ 534,51
🌽 Milho (saca) R$ 000
🥚 Ovo (dúzia) R$ 000
🥜 Soja (saca) R$ 143,56
🥖 Trigo-PR (t) R$ 1.152,74
💰 IGP-M a.m. ago/20 2,74%
💰 IGP-M a.a. 2020 9,64%
💰 IGP-M acum. 12m 13,02%
💰 IPCA a.m. ago/20 0,24%
💰 IPCA a.a. 2020 0,70%
💰 IPCA acum. 12m 2,44%
💰 Poupança 0,12% a.m.
💰 Selic 2% a.a.
💰 CDI a.m. ago/20 0,16%
💰 CDI a.a. 2020 2,11%
💰 CDI acum. 12m 3,84%
💰 INCC a.m. ago/20 0,72%
💰 INCC a.a. 2020 3,67%
💰 INCC acum. 12m 4,60%

💓 SAÚDE, CIÊNCIA & TECNOLOGIA 🔬
💓 Médicos creem em revolução no tratamento de câncer em menos de 30 anos.
💓 Covid-19: estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da vacina chinesa.
💓 SUS abre consulta pública sobre uso de medicamento para o coração.
🔭 Nasa anuncia programa para levar primeira mulher à Lua em 2024.
🔭 Asteroide chegará mais perto da Terra do que satélites de TV e meteorológicos.
🖱 Facebook elimina contas chinesas falsas com conteúdo relacionado às eleições americanas.
🖱 Facebook, YouTube e Twitter firmam acordo com anunciantes para combater discurso de ódio.
🖱 Pré-cadastro do sistema de pagamentos PIX vira isca para golpes na internet, alerta empresa.
🖱 Instagram Reels, concorrente do TikTok, amplia duração dos vídeos para 30 segundos.
🖱 Jeff Bezos, fundador da Amazon, anuncia escola gratuita de linha montessoriana para crianças pobres.
🖱 TikTok vai à Justiça para tentar evitar bloqueio de downloads nos EUA a partir do próximo domingo.
🖱 Firefox para Android podia ser manipulado na rede Wi-Fi para abrir sites 'sozinho'.
🖱 YouTube lança portal para explicar como sua plataforma funciona.
📊 Somente 1% de adolescentes do sexo masculino vai ao médico; Pesquisa foi feita com 267 estudantes de escolas públicas e privadas de 12 estados brasileiros de ambos os sexos, sendo 170 meninos e 87 meninas.

🏆 ESPORTES 🏆
⚽ Governo de SP mantém jogos de futebol sem público nos estádios.
⚽ Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena.
⚽ Observador do Olympique, Jamelli aprova Luis Henrique e segue com a mira para o mercado brasileiro.
⚽ Thiago Mendes reencontra bombeiro e policial que o socorreram em acidente de trânsito em Lyon.
⚽ Palmeiras avança em negociação para venda de Vitor Hugo a clube da Turquia.
⚽ Fifa concede registro provisório de Lucas Fasson, do São Paulo, ao La Serena, do Chile.
⚽ Ex-técnico do Atlético-AC denuncia tentativa de suborno para perder jogo e cita atleta do elenco.
⚽ Justiça dá mais dois meses para Caixa e Corinthians chegarem a acordo por dívida da Arena.
⚽ Com surto de coronavírus, Al Hilal não tem mínimo de jogadores e é excluído da Champions asiática.
⚽ Cazares está em São Paulo para realizar exames médicos e assinar com o Corinthians.
⚽ Lewandowski, Neuer e De Bruyne são os finalistas ao prêmio de melhor jogador da Europa.
⚽ Elias comunica ao Santos que não fica no clube e encaminha acerto com o Bahia.
⚽ Com R$ 110 bi, Faiq Bolkiah, o jogador mais rico do planeta assina com time da ilha de CR7.
⚽ Conmebol muda horário de Peru x Brasil das Eliminatórias por toque de recolher.
⚽ Luis Suárez é novo jogador do Atlético de Madrid.
⚽ Brasileirão: Na estreia de Thiago Neves, Sport vence o Corinthians com gol de pênalti (1x0).
⚽ Maranhense: Sampaio e Moto empatam no primeiro jogo da final (0X0).
⚽ Inglês: Na estreia de Thiago Silva, Chelsea goleia o Barnsley com hat-trick de Havertz e avança (6X0).
⚽ Brasileiro Feminino: Corinthians vence Iranduba fora de casa e lidera (2x0).
⚽ Libertadores: Com gol de Pepê, Grêmio vence o Inter no Beira-Rio e chega a 10 Gre-Nais de invencibilidade (1x0); Com dois gols contra, Athletico vence o Colo-Colo e assume a liderança do Grupo C (2x0); Palmeiras empata com Guaraní e adia classificação às oitavas (0x0); Junior Barranquilla goleia o Del Valle de virada (4x1).
⚽ Copa do Brasil: Ceará goleia Brusque e está nas oitavas de final (5x1); Botafogo segura o Vasco em São Januário e garante vaga nas oitavas (0x0).
🏀 Basquete: Calouro Tyler Herro assombra os Celtics, Heat vence jogo emocionante e abre 3 a 1 na série final do Leste.
🎾 Tênis: Luisa Stefani se garante na semifinal do WTA de Estrasburgo; Marcelo Melo faz 37 anos e comemora com vaga para as quartas de final em Hamburgo.
🏁 Fórmula 1: Projeto mostra uniformes de equipes como se fossem times de futebol.
🏈 Futebol Americano: Astro do Los Angeles Chargers tem pulmão perfurado por médico antes de jogo da NFL.
🏄 Surfe: Campeão mundial Ítalo Ferreira vence competição na França.
🎮 eSport: FIFA 21 será lançado com 17 times brasileiros e o genérico Oceânico FC.

⛪ DAS RELIGIÕES 🕌
🛐 Gospel Waguinho lança EP com participação de Ferrugem, Cristina Mel e Willian Nascimento - Samba na Harpa.
🛐 Gospel Pedro Henrique divulga novo single - O Meu Clamor.
🛐 Missionários dekasseguis: como imigrantes brasileiros espalham o Evangelho no Japão.
🛐 Papa Francisco: o princípio de subsidiariedade dá esperança num futuro mais saudável e justo.
🛐 Nomeação do Papa: diocese de Rubiataba-Mozarlândia, em Goiás, tem novo bispo.
🛐 “Eutanásia é crime contra a vida”, afirma Vaticano.

🎭 ARTE & FAMA 🌟
🎙 BTS faz discurso na Assembleia Geral da ONU.
🎙 Safadão acusa Mileide de expor o filho a festa de Halloween 'inapropriada'.
🎙 Turnê de Michael Bublê tem novas datas confirmadas para o Brasil.
🎙 Tim Bernardes canta em português no quarto álbum da banda norte-americana Fleet Foxes.
🎙 Silva lança single com gravação de canção de Gilberto Gil ouvida na voz de Gal Costa.
🎙 Aretha Marcos, filha de Vanusa, se emociona ao gravar vídeo em homenagem à cantora.
🌟 Amanda Kloots, viúva de Nick Cordero, faz vaso de cerâmica com cinzas de ator.
🌟 Anderson Di Rizzi sofre acidente doméstico.
🌟 Felipe Neto está na lista dos mais influentes da Time junto com Bolsonaro.
📺 "Sob Pressão: Plantão Covid" estreia dia 6 de outubro.
📺 'Esquadrão Suicida': Peacemaker vai ganhar um spin-off de oito episódios.
📺 Fãs pedem Rowan Atkinson como Hitler em 6ª temporada de 'Peaky Blinders'.
📺 'Supergirl': série vai terminar na 6ª temporada.
📺 SBT com Palmeiras perde novamente para Globo com Corinthians e "A Fazenda.
📺 A Fazenda: JP Gadêlha, Lidi Lisboa e Luiza Ambiel estão na segunda roça.
🎞 Disney altera data de lançamento de 'Viúva Negra' e mais outras produções.

🖤 MORTES 🖤
✝ Gerson King Combo, considerado o Rei do Soul no Brasil, de complicações diabéticas, aos 76 anos
✝ Juliette Gréco, ícone da música francesa, aos 93 anos.

📱 LIVES DE HOJE: 🎼
• Thurston Moore – 16h (Site oficial)
• Noca da Portela – 19h (YouTube)
• Dua Lipa – 19h (YouTube)
• Sylvan Esso – 19h (YouTube)
• Vitão – 20h (YouTube)
• Onze:20 – 20h (YouTube)
• Sandro DJ (Funk em casa) – 20h (YouTube)
• André Moraes – 22h (Aplicativo BeApp)
• Clap Your Hands Say Yeah – 22h (Twitch)
• Teresa Cristina - 22h (Instagram)

🔎 #FAKENEWS: Não é verdade que Filha (Lolita, de 26 anos) se casou com a mãe (Loreta, de 44 anos) na África do Sul. Fonte: Boatos..org

🛳 TURISMO ✈️
🎒 Conheça Itajaí-SC: Fazendo parte do Vale Europeu, na foz do Rio Itajaí-açu, no litoral catarinense, Itajaí tem o segundo maior produto interno bruto do estado e a maior renda per capita do estado. Colonos portugueses vindos da Ilha da Madeira e dos Açores instalaram-se na região. A partir da década de 70, Itajaí passou por um processo de dinamização de sua economia. Hoje, possui o principal porto de Santa Catarina, que também é o maior exportador de frios do Brasil. Grandes empresas multinacionais e brasileiras instalaram-se na cidade. No Turismo as praias, entre elas Molhes, Atalaia, Jeremias, Cabeçudas, Morcego, Solidão, Brava e Amores. Ampla área rural e belas paisagens naturais, com uma rica herança cultural de imigrantes alemães, italianos e portugueses. Itajaí também considerado um templo da música eletrônica no Brasil. É por onde passam os melhores DJs do planeta e acontecem as melhores festas do verão catarinense. A praia Brava também é um ponto importante para os amantes do voo livre e do surfe, inclusive a praia recebeu uma etapa do WQS, a divisão de acesso do surfe internacional. Itajaí possui um píer para navio de passageiros que serve de ponto de apoio no litoral de Santa Catarina, alfandegado, dotado de infraestrutura adequada e exclusiva para recepção de embarcação de grande porte, voltado aos cruzeiros marítimos de lazer. Sua estrutura para atracação de navios, conta com cinco Dolfins (dois de amarração e três de atracação), dez metros de calado, 220 metros de plataforma do cais, 945 metros de plataforma em concreto. O destaque é a Marejada, festa portuguesa e do pescado, é a principal festa municipal, mostrando atrações relativas ao mar e ao Açores, que acontece todos os anos durante o mês de Outubro, com uma duração geralmente entre sete e quatorze dias. É a maior festa portuguesa e do pescado do Brasil, Itajaí também é sede do Clube Náutico Marcílio Dias, agremiação esportiva de futebol e remo. Fonte: Guia do Turismo Brasil

📚 FIQUE SABENDO...
...Qual a espessura de uma folha de caderno?
⁉️ De acordo com Silney Szyszko, da Votorantin Celulose e Papel, uma folha de caderno tem a espessura aproximada de 0,074 milímetros. “No entanto, os papéis em geral são avaliados de acordo com sua gramatura, que é seu peso por metro quadrado”, explica. No caso da folha de caderno, ele diz que a gramatura costuma ser de 56, ou seja, seu metro quadrado pesa 56 gramas. Fonte: O Guia dos Curiosos

🎥 CINE DICAS 🍿
☑ O Preço do Amanhã, 2011, Ficção científica. 1h49m. Class.:12anos.
☑ Direção: Andrew Niccol. (O senhor das armas, 2005).
🎬 Num futuro não tão distante, a população mundial trabalha e luta exclusivamente por tempo. Will Salas (Justin Timberlake. Alpha dog, 2006) encontra um desconhecido que lhe doa 1 século, por um! Por um descuido de tempo, Will perde sua mãe, fazendo com que lute contra o sistema que tira tempo dos pobres em benefício dos ricos.

📲 MOMENTO TECH 🖥️
Quem não gosta de ouvir uma música, hein?
⌨️ Pode ser para focar no trabalho ou na hora do treino da academia, hoje em dia é muito mais fácil e prático para você ouvir suas músicas preferidas. Segue uma lista dos serviços mais conhecidos: Tidal, Spotify, YouTube Music, Deezer. Esqueci de falar, algumas operadoras já incluem esses serviços no seu plano de celular e você nem utiliza!

📖 BÍBLIA: Então Samuel pegou uma pedra e a ergueu entre Mispá e Sem; e deu-lhe o nome de Ebenézer, dizendo: "Até aqui o Senhor nos ajudou". 1º Samuel 7:12 🙏

☕ Que seu dia seja como a vontade de DEUS: bom, perfeito e agradável!! 🥖
submitted by MyRealNamexd to smurfdomuca [link] [comments]


2020.09.19 22:57 bernaferrari Minha lista de motivos contra o Banco Inter

Disclaimer: esse são os motivos que me levaram a odiar o Inter, colocar o cartão na gaveta e espero nunca mais usa-los. Vai ter gente falando "eu sou feliz" ou "nunca aconteceu comigo", tudo bem.. Tem gente que paga TED ainda e é feliz, cada um é cada um. Dito isso, aqui vão os MEUS MOTIVOS:
  1. Atendimento não existe. NON EXCISTE. DOES NOT EXIST.
  2. Histórico de transações é atrelado ao cartão; trocou de cartão, perdeu o histórico (e também coisas como antecipar fatura, que só podem ser feitas a partir do 2o mês).
  3. Não tem rendimento automático e a parte de investimentos é ruim e confusa (por exemplo, o fundo deles selic é D+0 até 13:30, depois disso é D+1. Do Neon você consegue o dinheiro na hora).
  4. Interface do cartão é suuuper confusa. Você não sabe quanto você já gastou nem quanto ainda pode gastar.. e se for final da fatura/começo de outra, fica ainda mais confuso. E vi gente reclamando no Facebook, se você tem compra parcelada fica ultra confuso.
  5. Até janeiro, cada vez que você reiniciava o Android, o app do Inter se abria sozinho. Parece SPAM. Não conseguiram ter o "guardião" pro PC igual os outros bancos, mas tentaram competir em chatice.
  6. Meu pai fez seguro com eles e não foi ativado porque perderam o papel e não falaram nada. Umas duas semanas depois, meu pai viu que não aparecia no app, entrou em contato, pediram uns dias, passou uma semana, encontraram o papel e o seguro foi efetivado. Muito profissionais.
  7. App não sabe diferença entre dólar pra outras moedas. Fiz compra em 1200kc que seria equivalente a ~300 reais, recebi notificação que tinha gasto 1200 dólares. Notificação essa, aliás, que parece que foi feita nas coxas. Horrível.
  8. Não conseguem cumprir com determinação do banco central. Na data limite pros bancos enviarem o informe de IR, entrei em contato, disseram "até tal data estará disponível". Mas o limite é hoje!!! "sim, mas até tal data estará disponível". What!?!?! --- E aí quando finalmente conseguiram fazer, tinha que acessar pelo site que é UM COMPLETO LIXO. Inclusive, estava dando erro pro meu pai, teve que entrar em contato e resolveram. No Neon é só entrar no app e apertar um botão. Nubank/Easynvest/Warren/etc mandam pra todo mundo sem pedir.
  9. Eles juram que não cobram spread em remessas internacionais, porém o dólar deles é 2% menor que o dos outros. Coincidência, né?
  10. Eles ficam se idolatrando nas redes sociais como se fosse o melhor banco do mundo. Neon não é ótimo mas pelo menos se conhecem e não te ilude ou engana. Já tive alguns problemas bizarros no Neon, mas sempre resolveram.
  11. Já aconteceu de eu ter que ficar DUAS SEMANAAAAASSSS SEM PODER ACESSAR MINHA CONTA por causa de erro deles. Você conseguiria ficar duas semanas sem acessar sua conta? Se sim, fique a vontade pra ser cliente deles.
  12. Tá cheio de gente com outros problemas, como banco caindo, esses dias até a operadora de celular deles caiu (só pesquisar). E agora tem gente reclamando que prometeram algumas promoções na operadora e não estão cumprindo.
  13. Nome do banco é inter (sim, eu sei que veio de intermedium) mas cartão não funciona fora do Brasil, dá default pra débito (e a maioria das maquinas não têm opção de mudar pra crédito, é automático, especialmente quando é contactless). Ou seja, NINGUÉM NUNCA TESTOU O BANCO INTER FORA DO BRASIL. Entrei em contato, maior lixo, não resolveu nada. Usei Nubank o resto da viagem pagando mais mas por um serviço que funciona.
  14. Quando estava em Barcelona, fui fazer uma compra online e entrou em um site especial do MasterCard para confirmar a compra. Banco Inter mandou SMS pra confirmar a compra (depois entrei em contato e sim, não há outra forma). Como eu estava fora do Brasil, eu não estava com meu chip pra receber SMS. Tentei o Nubank, foi só "toque ok no app", e funcionou.
A única coisa boa no Inter, que me levou a criar conta com eles, foi o 1% que cobram de spread em compras internacionais (contra 4% do Nubank). Só que a porcaria do cartão não funciona. E o banco é uma porcaria. Quando retornei de viagem, abri conta no Woop do Sicredi que também cobra 1%.
Meu conselho:
Se você é PJ, vá de Cora ou Conta Simples. Os dois possuem atendimento excepecional.
Se você é PF, Nubank > Woop (compra internacional) / Neon (nacional).
submitted by bernaferrari to investimentos [link] [comments]


2020.09.10 13:44 marcelomrdemelo As eleições estão a chegar é preciso debater sobre elas e o que nelas está em jogo!

Caros conbenfiquistas,
Estive a fazer várias pesquisas, e considero que a informação que nos chega sobre as eleições do próximo mês de Outubro é estranhamente escassa ou enviesada:
  1. Data das eleições: No mais recente esclarecimento da MAG, ainda é feita alusão "a eleições para os órgãos sociais do Sport Lisboa e Benfica, a realizar no próximo mês de outubro, " e " a votação no próximo mês de outubro " , sem precisar quando é que são as eleições exatamente. Podemos estar a menos de um mês do sufrágio e nada se sabe ainda sobre o dia e hora do ato eleitoral. A discussão orbita em torno do voto ser eletrónico e/ou em papel, que é uma preocupação que não deveria sequer existir numa instituição que se diz idónea e que tem formas internas de o fiscalizar.
  2. Campanha de Luís Filipe Vieira:
    1. Ausência de aparecimento: Ainda não percebi se a recente proeminência do Rui Costa na gestão das contratações tem a ver com uma nova forma de estar no clube ou com um deliberado desaparecimento da figura de LFV da ribalta, de modo a não ser questionado pelos jornalistas sobre as eleições, sobre a sua própria candidatura, ou sobre os inúmeros focos de incêndio reputacional pessoais.
    2. Ideias para o novo mandato: Sabe-se pouquíssimo, parece que o que importa por agora é mostrar no defeso o que vai ser o novo benfica: JJ, Rui Costa, vendas elevadas... e compras elevadas (esta é a grande novidade). As únicas declarações que lhe conheço sobre o porquê do novo benfica é: A dimensão económica do mercado português ainda não permite que a Benfica SAD consiga desenvolver o seu modelo de negócio, nomeadamente quando temos de competir economicamente com os maiores clubes das principais Ligas europeias. Entenda-se com esta frase que o presidente assume que falhou o objetivo de reter os jovens e competir na Europa com a prata da casa (objetivo que tinha traçado para esta presidência). Porém, LFV conclui que "tudo faremos para continuar a trabalhar e a obter resultados em linha com o caminho que percorremos", o que sugere que a linha que quer seguir é de...continuidade. Conclusão: se por um lado o novo benfica será a correção do benfica que tivemos no pós-JJ, o presidente quer continuar o caminho trilhado (económico? desportivo?) ficando em aberto perceber como irá compatibilizar ambos os discursos.
    3. Apoiantes: Este é outro mistério. Sabe-se que várias casas do Benfica estão com ele, mas quem são as figuras proeminentes que apoiam mais uma presidência: tirando obviamente todos aqueles que figuram na sua lista, ouviu-se falar de Manuel Vilarinho e de Óscar Cardozo.
    4. Rui Pinto: a recente notícia que Vieira terá estado envolvido com a Doyen e em esquemas de corrupção no Brasil (Odebrecht), vem somar-se ao nevoeiro em torno da figura do presidente, e constitui a reiteração de denúncias dirigida ao atual presidente, libertadas sempre espaçadamente ao longo dos últimos anos. Duas perguntas com sentido contrário: porque motivo sai apenas em Setembro esta notícia? E Porque motivo Vieira não comenta ou refuta estas alegações, mesmo estando a semanas de um sufrágio?
    5. Auditoria Novo Banco: No final de 2018, a dívida de empresa de LFV ao Novo Banco ascendia a 760 milhões de euros, sendo que LFV provocou perdas de 225 milhões ao Novo Banco. Duas perguntas: (i) é possível conciliar uma vertente pessoal plena de dívidas e incumprimentos com um discurso e estratégia de recuperação de contas na direção do clube? (ii) Que reputação resta ao atual presidente senão a que advém do cargo que ocupa: está o Benfica a lucrar (em termos de gestão) quando ao volante segue uma pessoa altamente incumpridora dos compromissos financeiros nos seus projetos pessoais?
  3. Campanha de João Noronha Lopes:
    1. Ideias para o novo mandato: um tanto vagas. De concreto sabemos que apoia JJ e que quer "ambição", "credibilidade", "transparência", e "glória". Parece que o valor maior deste candidato é: (i) não ter o lastro de incidentes com a justiça e com a banca que LFV tem; (ii) ter experiêcia de gestão ao mais alto nível empresarial; (iii) ter experiência prévia na gestão do clube. De resto, não se sabe o como chegará aonde quer chegar, o que é curto para um candidato que é tão convicto de que a critica o que LFV tem feito de mal.
    2. Apoiantes: Penso que mora aqui o grande ponto a favor deste candidato: reúne inúmeros apoiantes de renome, de ex-treinadores/atletas (António Simões, Ângelo Martins, Toni, Isaías, etc), a ex-dirigentes (José Ribeiro e Castro, Manuel Tinoco de Faria,João Carvalho. João Malheiro ), e a figuras do espaço público (António Pedro Vasconcelos, António Zambujo, Ricardo Araújo Pereira, Pedro Ribeiro, Pedro Adão e Silva, Pedro Norton, etc).
  4. Campanha de Rui Gomes da Silva:
    1. Ideias para o novo mandato: a principal e talvez única é "devolver o clube aos seus verdadeiros donos". Esta candidatura resultado de uma campanha de anos que nada mais é do que a vingança de RGS fruto da dissidência para com a liderança/lista de LVF. Tem a seu favor anos de presença pública, sendo por isso uma figura conhecida. Porém, isso não lhe confere mais reputação só por isso, podendo constituir igualmente uma desvantagem. O seu discurso terá sempre como ponto fraco a inultrapassável coabitação com LFV e sua gestão.
    2. Apoiantes: Não consegui apurar quem o apoia.
submitted by marcelomrdemelo to benfica [link] [comments]


2020.09.10 01:30 -NVLL- Colocando dividendos no Google Sheets

Estou simplificando a planilha de controle de investimentos, para dar menos trabalho, e a minha idéia é colocar como input somente o histórico de ordens, com o mínimo possível de informação, e o resto automatizo.
Não sei se reinventei a roda, mas selecionei os ativos únicos e sua quantidade com a fórmula:
=FILTER(QUERY($A:$E;"SELECT A, SUM(D) GROUP BY A"; 1); INDEX(QUERY($A:$E;"SELECT A, SUM(D) GROUP BY A"; 1);;2)>0) 
Com as ordens listadas em ordem cronológica:
A B C D E
1 Papel Data PU Qtd Taxa
2 PETR4 20/02/2015 R$ 9,63 1000 R$ 14,77
3 PETR4 29/06/2015 R$ 13,48 -1000 R$ 12,07
Aí eu tenho o portfolio atual:
G H I
1 Papel sum Qtd Preço Médio
2 ABEV3 400 =average_cost(G2)
E fiz uma custom function para o preço médio:
function average_cost(ticker) { var this_sheet = SpreadsheetApp.getActive().getActiveSheet(); var order_ticker = this_sheet.getRange("A2"); var portfolio_quantity = 0; var portfolio_cost = 0; var order_quantity = 0; var order_price = 0; while(!order_ticker.isBlank()){ if(order_ticker.getValue() == ticker){ order_quantity = order_ticker.offset(0, 3).getValue(); order_price = order_ticker.offset(0, 2).getValue() * order_quantity // unit price * quantity + order_ticker.offset(0, 4).getValue(); // order brokerage and exchange cost if(order_price > 0) // zero changes nothing btw portfolio_cost += order_price; else portfolio_cost += order_quantity * portfolio_cost / portfolio_quantity; portfolio_quantity += order_quantity; } order_ticker = order_ticker.offset(1, 0); // next line on order flow } if(order_quantity == 0) return 0; return portfolio_cost /= portfolio_quantity; } 
Para pegar os dividendos, tem um post muito útil nesse sub com o link da tabela HTML. Talvez precise relacionar os códigos CVM, não sei se vou conseguir automatizar esse passo no Google Script (só pegar o ticker da planilha e inserir código na URL). E o que encontrei para importar tabela foi criando uma aba temporária na planilha e definindo a fórmula com IMPORTHTML, meio armengado, mas depois posso copiar só o valor da soma e excluir. No exemplo da AMBEV seria mais ou menos:
var this_sheet = SpreadsheetApp.getActive().getActiveSheet(); var temp_sheet = SpreadsheetApp.getActive().insertSheet(ticker); var order_ticker = this_sheet.getRange("A2"); temp_sheet.getRange(1,1).setValue("=IMPORTHTML(\"http://bvmf.bmfbovespa.com.bcias-listadas/empresas-listadas/ResumoProventosDinheiro.aspx?codigoCvm=23264&idioma=pt-br\";\"table\")"); 
Talvez tenha conseguido fazer do jeito mais convoluto possível...
Como seria agora o melhor jeito de calcular os dividendos? Fazer outra função customizada? Eu teria que repassar toda a listagem de ordens novamente para ter a quantidade atual a cada momento, somando os dividendos das datas-com entre cada duas transações de um mesmo ticker, por partes, e entre a última ordem desse ticker e o final da planilha (a quantidade varia no tempo, pode ter diminuido ou zerado no caminho)? Alguém já fez de algum jeito mais simples? Ou conseguiu fazer sem criar uma planilha temporária?
EDIT: Copyleft btw, e não funciona para venda a descoberto.
EDIT 2: Mudando o if para essa gororoba aí embaixo exclui possibilidade de ir para infinito em caso de entrada incorreta, e passa a funcionar para números negativos, ou compra/venda maior que a quantidade atual em portfolio.
 // any 0 = TRUE; adding = TRUE; subtracting = FALSE if((Math.sign(order_quantity) * Math.sign(portfolio_quantity)) >= 0) portfolio_cost += order_price; else portfolio_cost = order_quantity < portfolio_quantity // simply adjusts average price ? portfolio_cost + order_quantity * portfolio_cost / portfolio_quantity // inverting position short x long : order_price * (order_quantity + portfolio_quantity) / order_quantity; 

submitted by -NVLL- to investimentos [link] [comments]


2020.08.27 20:41 futebolstats Basquete feminino cria movimento por igualdade, apoio e visibilidade

Jogadoras do presente e algumas das que construíram a história do basquete feminino no Brasil lançaram nesta quarta-feira (26), Dia Internacional da Igualdade Feminina, o movimento Levante a Bola Delas. A iniciativa busca dar visibilidade, apoio e condições igualitárias à modalidade.
O vídeo da campanha, que remete às conquistas do basquete feminino, reúne nomes de peso, como as ex-atletas Magic Paula, Hortência e Janeth, campeãs mundiais com a seleção brasileira em 1994 e medalhistas de prata na Olimpíada de Atlanta (Estados Unidos), dois anos depois. Participam, também, as pivôs Erika de Souza e Gil Justino, a armadora Tainá Paixão e a ala Rapha Monteiro, destaques na atualidade, além de Vitor Benite, ala-armador da seleção masculina. Em depoimentos, as atletas falam de incentivo, reconhecimento e valorização, destacando que as principais conquistas recentes do país na modalidade vieram justamente no feminino.
"É muito bom ver o engajamento de todos em torno do basquete feminino. Isso mostra que estamos unidas, defendendo aquilo que é direito nosso, que é a igualdade nos patrocínios, no apoio das marcas esportivas e visibilidade. Ter atletas como Paula, Hortência e Janeth mostra que não estamos sozinhas e que todos querem só uma coisa, que é o crescimento do basquete feminino", disse Erika, 38 anos, quatro Olimpíadas na carreira e campeã tanto na Liga de Basquete Feminino (LBF), como na WNBA (Associação Nacional de Basquete Feminino, na sigla em inglês), principal campeonato feminino do mundo.

Ver essa foto no Instagram
Só vamo : 26 de agosto. Dia Internacional da Igualdade Feminina.Uma data bastante icônica para iniciarmos um movimento pela igualdade no esporte, em especial no basquete. O basquetebol feminino já foi Campeão Mundial, Medalhista Olímpico e ganhou vários outros campeonatos importantes. E as glórias não ficaram só no passado: ainda ganhamos títulos e formamos grandes talentos. Mas, apesar disso, o apoio está escasso. Precisamos de patrocínios, de investimentos, do suporte de marcas esportivas, de espaço na mídia . Aproveitamos este para levantar estas questões e provocar AÇÕES PRÁTICAS que valorizem o nosso basquetebol feminino. QUE LEVANTE A BOLA de atletas, times, equipes técnicas que colocam seu coração, seu suor, seu talento e suas vidas nas quadras pra LEVANTAR O NOME DO BRASIL E DO ESPORTE no cenário nacional e mundial. Por mais apoio, patrocínio e representatividade. . #LevanteABolaDelas, porque já está mais do que na hora. Vamos colocar a bola da mulherada lá em cima, como elas mesmas sempre fizeram. #ValorizaAsMinas #IgualdadeFeminina #EmpateNoBasquete #LugarDeMulherEnaQuadra #LevanteABolaDelas . . . #style⁣ #basquete #nba #basketball #basquetederua #nbb #basket #nbabrasil #basquetebrasil #esporte #basquetebol #dunk #basquetefeminino #aeraiz
Uma publicação compartilhada por Jennefer Gonçalves Coelho (@jennefermemy) em 26 de Ago, 2020 às 8:59 PDT
Paula, por sua vez, espera que a manifestação da comunidade do basquete feminino impulsione mulheres de outras modalidades a também lutarem por igualdade. "Já caminhamos muito, mas ainda há um longo caminho a trilhar. Movimentos dessa natureza só fortalecem o basquete feminino e as atletas envolvidas nesse processo. É nosso papel e é dessa forma que posso contribuir para que a modalidade se fortaleça cada vez mais, com patrocínios, uma competição forte e mais jogadoras atuando e curtindo o basquete", destacou.
"Espero que essa campanha possa chamar a atenção das marcas em relação às mulheres e ao basquete feminino. Estamos num momento delicado, por causa da pandemia [de covid-19], e também preocupadas em relação a patrocínio. O basquete é o nosso trabalho e precisamos de apoio para ter uma Liga forte no ano que vem, com mais equipes, para que possamos continuar jogando no nosso país", sustentou Tainá, eleita a melhor jogadora da final dos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), no ano passado, vencida pela seleção brasileira.
Logomarca do movimento "Levante a Bola delas" que busca dar visibilidade, apoio e condições igualitárias à modalidade – Levante a bola delas/DivulgaçãoA temporada nacional de clubes do basquete feminino brasileiro só deve voltar no próximo ano, já que o calendário da LBF costuma contemplar datas em que as principais atletas do país não estão atuando no exterior. A edição 2020 da Liga começou em março, mas foi suspensa após três jogos realizados, e depois foi cancelada, por causa do novo coronavírus.
Para 2021, em meio às dificuldades financeiras em virtude da pandemia de covid-19, a LBF começou a dialogar na semana passada com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) para ter apoio logístico durante a temporada. A ideia é seguir moldes semelhantes ao que foi acordado com a principal competição masculina da modalidade, a Liga Nacional de Basquete (LNB), para a edição 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB).

Dia da Igualdade Feminina

O movimento é internacional e começou nos Estados Unidos, sendo celebrado desde os anos 70. A data destaca a instituição da 19ª emenda da Constituição norte-americana, de 1920, que proibia ao Estado negar direito ao voto aos cidadãos conforme o gênero, abrindo espaço para a participação feminina na política
O post Basquete feminino cria movimento por igualdade, apoio e visibilidade apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/34D1FVh
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.08.27 16:02 Scabello More about Belarus color "revolution"

Text from a amazing marxist virtual magazine from Brazil.

https://revistaopera.com.b2020/08/26/belarus-nacionalismo-e-oposicao/

Belarus: nacionalismo e oposição


As manifestações em Belarus estão recebendo uma grande cobertura nos meios ocidentais, o que se reflete na imprensa brasileira, que se contenta em traduzir e repetir aquilo que é dito em grandes veículos europeus. A amplitude e até a paixão dessa cobertura gera, por efeito de contraste, uma sensação de falta de profundidade, já que em meio de tantas notícias, carecemos até mesmo de uma introdução sobre aspectos específicos do conflito e dos atores que participam dele. O que a cobertura nos oferece, no entanto, é uma narrativa sobre manifestantes lutando contra um ditador em nome da liberdade, discurso fortalecido por uma certa abundância de imagens. Na frente desta luta, a candidata derrotada – alegadamente vítima de fraude – Sviatlana Tsikhanouskaya, uma “mulher simples”, “apenas uma dona de casa”, o símbolo da mudança. Em alguns dos meios de esquerda e alternativos, este posicionamento da grande mídia já gera uma certa desconfiança. Imediatamente surgem perguntas sobre quem forma essa oposição e se podemos fazer comparações com a Ucrânia em 2014, onde uma “revolução democrática” foi acompanhada por grupos neofascistas, ultranacionalismo e chauvinismo anti-russo. Outros já se revoltam contra o reflexo condicionado e declaram que não podemos julgar os eventos de Belarus pela ótica dos eventos ucranianos, e que avaliações não deveriam ser feitas na função inversa da grande mídia. Me deparando com a diversidade de problemas que podem ser desenvolvidos a partir do problema de Belarus, decidi começar com um problema simples de imagem e simbologia, mas que nos traz muitas informações. As imagens que estampam os jornais são dominadas por duas cores: branco e vermelho.

Uma disputa pela história

Uma faixa branca em cima, uma faixa vermelha no meio e outra faixa branca embaixo – esta bandeira domina as manifestações oposicionistas em Belarus. Ela surgiu primeiro em 1919, em uma breve experiência política chamada de República Popular Bielorrussa, órgão liderado por nacionalistas mas criado pela ocupação alemã no contexto do pós-Primeira Guerra, Guerra Civil na Rússia e intervenção estrangeira que ocorreu naquele período. Uma bandeira diferente do símbolo oficial de Belarus: do lado esquerdo, uma faixa vertical reproduz um padrão tradicional bielorrusso, como na costura, em vermelho e branco, do lado duas faixas horizontais, vermelho sobre verde (somente um terço em verde). Bandeira muito similar à velha bandeira da República Socialista Soviética de Belarus, com a diferença que na antiga o padrão tradicional estava com as cores invertidas e na massa vermelha horizontal brilhava a foice-e-martelo amarela com uma estrela vermelha em cima. Os manifestantes também usam um brasão de armas histórico do Grão Ducado da Lituânia, a Pahonia, onde vemos um cavaleiro branco, brandindo sua espada e segurando um escudo adornado por uma cruz jaguelônica. O emblema oficial de Belarus, no entanto, é diferente, correspondendo à simbologia soviética, onde um sol que se levanta sobre o globo ilumina o mapa de Belarus, com bagos de trigo nos flancos e uma estrela vermelha coroando a imagem. Essa diferença entre símbolos do governo e da oposição não é só uma diferença política momentânea, mas remete a uma disputa pela identidade nacional de Belarus, a processos divergentes de formação de consciência nacional, conforme exemplificados por Grigory Ioffe. Quando Belarus se tornou independente da União Soviética nos anos 90, isto aconteceu apesar da vontade popular, sem movimentos separatistas como os que ocorreram vigorosamente nas repúblicas soviéticas bálticas, vizinhas de Belarus pelo norte, ou na parte ocidental da Ucrânia, país que faz fronteira com Belarus pelo sul. Pelo menos até pouco tempo atrás, a maioria dos cidadãos se identificava com a Rússia e concebia a história de Belarus no marco de uma história soviética. Para a maioria da população, o evento mais importante da história de Belarus foi a Grande Guerra Patriótica, isto é, a resistência contra os invasores nazistas, o movimento partisan como primeiro ato de vontade coletiva. É depois da guerra que os bielorrussos se tornam maioria nas cidades do país (antes de maioria judaica, polaca e russa), bem como dirigentes da república soviética – líderes partisans se tornaram líderes do partido. Esse discurso filo-soviético também é acompanhado pela ideia de proximidade com a cultura russa, inclusive a constatação de que é difícil fazer uma diferenciação nacional entre as duas culturas. Em termos de narrativa histórica, isso é acompanhado por afirmações como a de que a Rússia salvou o povo das “terras de Belarus” da opressão nacional e religiosa dos poloneses. Então, figuras históricas da Rússia são lembradas, como por exemplo o general Alexander Suvorov (1730 – 1800), que é celebrado como um herói da luta contra a invasão polonesa das “terras de Belarus” e da Rússia em geral. Essa ideia de união entre Rússia e Belarus é fundamental para o pan-eslavismo. A revolução em 1917 também é considerada um episódio nacional, o começo da criação nacional de Belarus dentro da União Soviética, com sua própria seção bolchevique e adesão dos camponeses à utopia comunista, mas nem isso e nem a história nacional russa superam a Segunda Guerra Mundial como fator de consciência nacional. Contra esta visão surgiu uma alternativa ocidentalizante, que propõe que Belarus é um país completamente diferente da Rússia, que foi dominado pela Rússia e que precisa romper com Moscou para ser um país europeu. Essa tendência tenta afirmar a existência de um componente bielorrusso específico na Comunidade Polaco-Lituana, identificando a elite pré-nacional com nobres locais. Atribuem a “falta de consciência nacional” no país à intrigas externas. Seus heróis de forma geral são heróis poloneses, e celebram quando os poloneses invadiram a Rússia. Se esforçam por fazer uma revisão histórica que justifique a existência de uma nacionalidade bielorrussa atacando a narrativa ligada à Segunda Guerra Mundial, renegando a luta dos partisans e enquadrando sua nação como uma “vítima do estalinismo”, que passa ser comparado com o nazismo como uma força externa. Suas preocupações centrais, além de tentar construir uma história de Belarus antes do século XX, está a preservação da língua bielorrussa em particular, com suas diferenças em relação ao russo. Nessa visão, as repressões do período Stálin deixam de ser uma realidade compartilhada com os russos e outras nacionalidades soviéticas, para ser entendida como uma repressão contra a nação de Belarus, exemplificada principalmente pela repressão de intelectuais nacionalistas. Na tentativa de desconstruir o “estalinismo” e os partisans, os nacionalistas defenderam a Rada Central de Belarus, um órgão colaboracionista criado pela ocupação alemã, que não pode ser chamado sequer de governo títere, mas que adotava a visão histórica dos nacionalistas e fez escolas de língua exclusivamente bielorrussa em Minsk. A Rada foi liderada por Radasłaŭ Astroŭski, que foi para o exílio norte-americano e dissolveu órgão depois da guerra para evitar responsabilização por crimes de guerra. A versão nacionalista não só defende a “posição complicada” dos colaboradores nos anos 40, como revisa positivamente o papel do oficial nazista Wilhelm Kobe, Comissário Geral para Belarus entre 1941 e 1943 (até ser assassinado pela partisan Yelena Mazanik). Argumenta-se que Kobe seria um homem interessado nas coisas bielorrussas e seu domínio permitiu o florescimento nacionalista. Do lado colaboracionista existiu uma Polícia Auxiliar e a Guarda Territorial Bielorrusa, as duas ligadas aos massacres nazistas e associadas a uma das unidades mais infames da SS, a 36ª Divisão de Granadeiros da SS “Dirlewanger”. Depois, foi formada por uma brigada bielorrussa na 30ª da SS. A colaboração usava as bandeiras vermelha e branca, com a Guarda Territorial usando braçadeiras nessa cor. Essas cores seriam retomadas na independência do país em 1991, mas foram muito atacadas por sua associação com a colaboração. Por isso ela foi rechaçada por uma maioria esmagadora em um referendo realizado em 1995, que definiu os símbolos nacionais de hoje e mudou o “Dia da Independência” para 3 de Julho, dia em que Minsk foi libertada das forças de ocupação nazista, em 1944. A visão nacionalista e ocidentalizante é minoritária, compartilhada por algo entre 8% e 10% da população; número que é consistente com o número de católicos do país – um pouco maior, na verdade, o que serve para contemplar uma minoria de jovens de Minsk, que proporcionalmente tendem a ser mais adeptos de uma visão distinta da história soviética. Em 1991, o nacionalismo se reuniu na Frente Popular Bielorrussa, em torno da figura do arqueólogo Zianon Pazniak, que representava uma militância radical, anti-russa, europeísta e guardiã dessa simbologia nacional. O movimento fracassou e parte disso provavelmente se deve à liderança de Pazniak, tido como intolerante. Havia também um movimento paramilitar chamado Legião Branca, que se confrontaria com Lukashenko no final dos anos 90. Estes seriam “os nazis bielorrussos dos anos 90”, pecha que é disputada por seus defensores, que os retratam até mesmo como democratas, mas que é justificada por seus detratores baseada em seu separatismo étnico e intolerância dirigida aos russos apesar de viverem no mesmo espaço e a maioria do seu próprio país falar a língua russa. Ainda assim, o alvo-rubro vem sendo reivindicado como um símbolo de liberdade, democracia e independência: seus defensores vêm tentando firmar a identidade dessa bandeira mais em 1991 do que em 1941. Para todos os efeitos, se tornou um símbolo de oposição Lukashenko, símbolo de “outra Belarus”, com boa parte dos jovens mantendo uma atitude receptiva em relação a ela – um símbolo carregado de controvérsia, mesmo assim. Essas divergências simbólicas escondem diferentes histórias e questões políticas radicais. Além disso, é possível constatar que Belarus tem dois componentes nacionais externos em sua formação: os poloneses e os russos. No plano religioso, o catolicismo associado com Polônia e a ortodoxia associada à Rússia (segundo dados de 2011, 7,1% da população católica, 48,3% ortodoxa e 41,1% diz não ter religião, 3,5% se identificam com outras). Na disputa histórica, existe uma narrativa filo-soviética e outra ocidentalizante. Nesta última década, o próprio governo Lukashenko presidiu sobre uma política de aproximação e conciliação dessas narrativas históricas sobre Belarus, tentando ocupar uma posição mais nacionalista, mesmo que mantendo o núcleo soviético como fundamental. Esta aproximação foi muito criticada por um núcleo duro de patriotas e irredentistas russos. Por outro lado, dentre os manifestantes não necessariamente há uma ruptura total com a narrativa histórica partisan e motivos antifascistas, pelo menos não se buscarmos casos individuais – nesse caso, o uso histórico da bandeira seria ignorado ou superado por outra proposta. Apesar de existir uma oposição que busca lavar a bandeira alvirrubra, é possível identificar nacionalistas radicais na oposição?

Belarus não é Ucrânia – mas pode ser ucranizada?

Pelo menos em meios ocidentais, se afirmou muito que “a crise de Belarus não é geopolítica”. Muitos textos publicados no Carnegie Moscow Center elaboraram em torno dessa afirmação. A declaração da Comissão Europeia afirmou isso. O professor e colunista Thimothy Garton Ash escreveu no The Guardian que sequer se pode esperar um regime democrático liberal depois da saída de Lukashenko, e relata contatos com bielorrussos que dão a impressão de um sentimento ao mesmo tempo oposicionista e pró-russo. Por esse argumento, Belarus é diferente da Ucrânia, as manifestações não têm relação com geopolítica, os bielorrussos até gostam da Rússia e a lógica extrapola ao ponto de dizer que, portanto, Putin tende a apoiá-las. Mais de um texto fala de como a identificação entre bielorrussos e russos, como povos irmãos ou até iguais, “anula” essas questões – isto é, estes textos têm como pressuposto uma solidariedade nacional, uma continuidade entre os dois povos, algo distinto do radicalismo nacionalista. Até parecem acreditar que isto tiraria de Putin o interesse de ajudar Lukashenko ou da Rússia enquadrar esses eventos na sua visão estratégica como algo equivalente ao problema ucraniano. De fato, Belarus não é a Ucrânia. A divisão sobre a identidade nacional não é tão polarizada em Belarus como é na Ucrânia. A divisão regional e linguística, bem como as diferentes orientações geopolíticas, não é tão radical. A marca da colaboração e suas consequências políticas não é tão forte em Belarus como é na Ucrânia – não acredito que o nacionalismo em Belarus está no mesmo patamar do ultranacionalismo ucraniano. No plano da operação política, a comparação com a Ucrânia é feita em função do Maidan de 2014, onde também existem diferenças. O Maidan teve a participação decisiva de partidos políticos consolidados e posicionados dentro do Parlamento, que no momento final tomaram o poder do presidente Yanukovich usando seu poder parlamentar. Partidos ligados a oligarcas multimilionários, com políticos que enriqueceram em negócios de gás, e nas ruas uma tropa de choque de manifestantes formada por nacionalistas bem organizados. Dito isso, devemos olhar para o posicionamento da oposição bielorrussa e não aceitar de forma acrítica as narrativas de que a manifestação não tem nada a ver com geopolítica e que não possuí liderança. Alegam que questões como adesão à OTAN e integração europeia não são primárias na política de Belarus – será mesmo? E essas questões nacionais, não têm relação alguma com as manifestações? Primeiro, um dos movimentos que protagoniza enfrentamentos de rua em Belarus desde outros anos (especialmente nos enfrentamentos de rua de 2010) e se destaca nos meios oposicionistas, inclusive com reconhecimento ocidental, é a Frente Jovem, que é um movimento nacional radical, acusado de filo-fascista e ligado aos neofascistas ucranianos. Este movimento também é ligado ao partido Democracia Cristã Bielorrusa (DCB), o qual ajudou a fundar. Ambos são contra o status oficial da língua russa e querem retirar o russo das escolas. Pavel Sevyarynets, um dos fundadores da Frente Jovem e liderança da DCB, é frequentemente referido como dissidente e “prisioneiro de consciência” foi organizador da campanha “Belarus à Europa”. Ele foi preso antes das eleições como um organizador de distúrbios. A Revista Opera teve acesso ao material de um jornalista internacional que entrevistou um professor de artes bielorrusso, autoproclamado anarquista e defensor das manifestações, que se referiu à prisão de Sevyarynets como um ato preventivo do governo e respondeu a uma pergunta sobre as reivindicações do movimento dizendo que as pessoas tem em sua maior parte bandeiras nacionalistas. Em segundo lugar, cabe ressaltar que um dos principais partidos de oposição e representante das declarações atuais é o Partido da Frente Popular Bielorussa (PFPB), descendente da Frente Popular dos anos 90, um partido de direita, adepto da interpretação nacionalista, hostil à Rússia e pró-europeu. O PFPB, a Democracia Cristã, a Frente Jovem e o partido “Pela Liberdade” são parte de um “Bloco pela Independência de Belarus”. Estes movimentos tiveram vários contatos com grupos neofascistas ucranianos, com a Frente Jovem em específico mantendo relações de longa data e tomando parte em marchas em homenagem a colaboradores como Stepan Bandera e Roman Shukeyvich (que na SS Natchigall foi um carrasco dos habitantes e partisans do sul de Belarus) – diga-se, entretanto, que não necessariamente funcionam da mesma forma que as organizações extremistas. Mesmo movimentos que se organizam como ONGs, com aparência de ativismo genérico e recebendo dinheiro de programas para promover a democracia a partir da Lituânia (que por sua vez direciona dinheiro do Departamento de Estado dos Estados Unidos), servem como organizações nacionalistas, como é o caso da ONG BNR100. Em terceiro lugar, podemos olhar para algumas lideranças de oposição presentes no Conselho de Coordenação formado para derrubar Lukashenko. Foi proclamado que o Conselho de Coordenação é composto por “pessoas destacadas, profissionais, verdadeiros bielorrussos”, por aqueles que “representam o povo bielorrusso da melhor maneira, que nestes dias estão escrevendo uma nova página da história bielorrussa”. Olga Kovalkova, peça importante da campanha de Sviatlana Tsikhanouskaya, que já havia listado pessoas do conselho antes dele ser anunciado oficialmente, em sua página do Facebook. Ela mesma é um dos membros. É graduada pela Transparency International School on Integrity e pela Eastern European School of Political Studies (registrada em Kiev, patrocinada pela USAID, National Endowment for Democracy, Open Society Foundation, Rockefeller Foundation, Ministério das Relações Exteriores da Polônia, União Europeia e estruturas da OTAN). Kovalkova é co-presidente da Democracia Cristã Bielorrussa; defende a saída de Belarus da Organização Tratado de Segurança Coletiva (OTSC; Tratado de Takshent), a separação do Estado da União com a Rússia e a retirada do russo da vida pública. O outro co-presidente da DCB, Vitaly Rymashevsky, também está no conselho. Ales Bialiatski, famoso como defensor dos direitos humanos e que foi preso sob acusação de enganar o fisco a respeito da extensão de sua fortuna, também fez parte do movimento nacionalista da Frente Popular de Belarus, do qual foi secretário entre 1996 e 1999 e vice-presidente entre 1999 e 2001. Também é fundador da organização Comunidade Católica Bielorrussa. É presidente do Viasna Human Rights Centre (financiado por Eurasia Foundation, USAID e OpenSociety) e recebeu o prêmio liberdade do Atlantic Council, além de prêmios e financiamentos na Polônia. Sua prisão em 2011 foi baseada em dados financeiros fornecidos por promotores poloneses e lituanos, enquadrado por um artigo de sonegação da lei bielorrussa.
Na hoste dos nacionalistas mais comprometidos representados no Comitê de Coordenação temos também Yuras Gubarevich, fundador do partido “Pela Liberdade”, antes um dos fundadores da “Frente Jovem” e foi durante anos liderança do Partido Popular; uma das grandes lideranças oposicionistas.
📷
Pavel Belaus é ligado à Frente Jovem, um dos líderes da ONG Hodna e dono da loja de símbolos nacionalistas Symbal. Ele também é ligado ao movimento neofascista ucraniano Pravy Sektor e esteve envolvido na rede de voluntários bielorrussos para a Ucrânia. Andriy Stryzhak, do BNR100, ligado ao Partido da Frente Popular, coordenador da iniciativa BYCOVID19. Participou do Euromaidan, de campanhas de solidariedade com a “Operação Antiterrorista” de Kiev no leste da Ucrânia e de articulação com voluntários bielorrussos. Andrey Egorov promove a integração europeia. Alexander Dobrovolsky, líder liberal ligado ao velho eixo de aliados de Boris Yeltsin no parlamento soviético, é pró-ocidente. Sergei Chaly trabalhou em campanhas de Lukashenko no passado, é um especialista do mundo financeiro, ligado a oposição liberal russa e pro ocidente. Sim, também existem elementos de esquerda liberal ligados ao Partido Social Democrata de Belarus (Hromada), uma dissidência do PSD oficial, que é a favor da adesão à União Europeia e da OTAN. Dito isso, não falamos o suficiente da influência nacionalista. Tomemos por exemplo o grupo Charter 97, apoiado pelo ocidente, principalmente pela Radio Free Europe, que se estiliza como um movimento demo-liberal. Dão espaço para a Frente Jovem, onde naturalmente seu líder pode chamar os bielorrussos que combatem na Ucrânia de “heróis” pois combatem a “horda” (se referindo a Rússia da mesma maneira que o Pravy Sektor). Voluntários bielorrussos combateram ao lado de unidades do Pravy Sektor e do Batalhão Azov. Durante as manifestações, o Charter 97 publicou, no dia 15 de agosto, um texto comemorando o “Milagre sobre o Vistula: no dia 15 de agosto o exército polonês salvou a Europa dos bolcheviques” e “Dez Vitórias de Belarus”, em que a Rússia é retratada como “inimigo secular” dos bielorrussos. Ações de ocupação de poloneses contra a Rússia são celebradas como “vitórias bielorrussas”. É importante também observar o papel que padres católicos vêm cumprindo nas manifestações, inclusive se colocando à frente de algumas delas. O bispo católico Oleg Butkevich questionou as eleições no dia 12 de agosto. Pelo menos em Lida, em Vitebetsk, Maladzyechna e em Polotsk, clérigos organizaram manifestações. Em Minsk, tomou parte o secretário de imprensa da Conferência de Bispos de Belarus, Yury Sanko. Em Polotsk, sobre a justificativa de ser uma procissão, o padre Vyacheslav Barok falou do momento político como uma “luta do bem contra o mal”. É claro que padres católicos podem participar de movimentos políticos de massa, eles também são parte da sociedade, mas este dado não deixa de ter uma significação política específica, visto que os radicais do nacionalismo bielorrusso se organizam no seio da comunidade católica. Ao mesmo tempo, isso gera ansiedade em um “outro lado”, no que seria um lado “pró-russo”, não só por conta de conspirações sobre “catolicização” do país, mas por ter visto na experiência ucraniana a associação de clérigos do catolicismo grego a neofascistas e eventualmente o Estado bancando uma ofensiva contra a Igreja Ortodoxa russa, o que inclui tomada de terras e expropriação de templos. O mesmo problema está ocorrendo neste ano com os ortodoxos sérvios em Montenegro; existem dois precedentes recentes no mundo religioso cristão ortodoxo que podem servir para uma mobilização contra as manifestações.

Programa de oposição: em busca do elo perdido

A candidatura de Tikhanovskaya não tinha um programa muito claro fora a oposição a Lukashenko. Porém, um programa de plataforma comum da oposição, envolvendo o Partido da Frente Popular, o Partido Verde, o Hramada, a Democracia Cristã e o “Pela Liberdade” chegou a ser formulado em uma “iniciativa civil” envolvendo estes partidos e ONGs que estava no site ZaBelarus. Depois, parte deste programa foi transferido para o portal ReformBy. Quando o programa passou a ser exposto no contexto das manifestações (por volta do dia 16), a oposição tirou o site do ar, mas ele ainda pode ser acessado com a ferramenta Wayback Machine. O programa quer anular todas as reformas e referendos desde 1994, retornando à Constituição daquele ano (e conforme escrita pelo Soviete Supremo). Se compromete a retirar da língua russa seus status oficial, além de substituir a atual bandeira por uma vermelho e branca. Existe uma proposta de reforma total de todas as instituições: bancárias, centrais, locais, judiciais, policiais, militares.
O programa também tem uma sessão dedicada à previdência, criticando o sistema de repartição solidária de Belarus como “falido” e responsável por uma “alta carga tributária sobre os negócios”. Propõem “simplificação”, “desburocratização” e “alfabetização financeira da população” para que esta assuma sua parcela de responsabilidade pela aposentadoria. O sistema seria “insustentável” no ano de 2050 por razões demográficas. Também criticam o “monopólio” da previdência pública, “sem alternativas no mercado”. A proposta oposicionista é de contas individuais de pensão com contribuição obrigatória, mas sem eliminar o sistema solidário, tornando o sistema “baseado em dois pilares”; elevar a idade de aposentadoria das mulheres (57) para igual a dos homens (62); “desburocratização” através da eliminação e fusão de órgãos públicos de seguridade social; eliminar diversos tipos de benefício e igualar os valores para todos os cidadãos (independente da ocupação). Essas propostas previdenciárias em específico são assinadas por Olga Kovalkova. Na seção de economia, o programa fala de um “problema do emprego” criticando as empresas estatais e demandando flexibilização da legislação, “incentivos para os investidores”, “uma política macroeconômica de alta qualidade, i.e. inflação baixa, política fiscal disciplinada, escopo amplo para a iniciativa privada”; “o mercado de trabalho é super-regulado”, diz o documento. “Melhorar o ambiente de negócios e o clima de investimentos”, “tomar todas as medidas necessárias para atrair corporações transnacionais”, “privatização em larga escala”, “criação de um mercado de terras pleno”, “desburocratização e desmonopolização da economia”, “adoção das normas básicas de mercado e padrão de mercadorias da União Europeia”, enumera o programa dentre as diversas propostas, que incluem privatização de serviços públicos e criação de um mercado de moradia competitivo. Até aqui, com exceção da referência à língua russa, estamos falando mais de neoliberais do que nacionalistas propriamente. Podemos dizer também que pontos como adoção de padrões europeus e reformas econômicas influenciam a questão geopolítica. Ainda assim, boa parte dessas reformas econômicas também são defendidas por Viktor Barbaryka, empresário bielorrusso que era tido como principal candidato de oposição a Lukashenko que está preso por crimes financeiros; Barbaryka é considerado um “amigo do Kremlin”, pró-russo. Existe uma seção perdida, a seção de “Reforma da Segurança Nacional”. Na primeira semana de protestos, surgiu na rede uma suposta reprodução do conteúdo dessa seção¹. O conteúdo é uma análise ocidentalista que enquadra o Kremlin como uma ameaça, propondo a saída do Tratado de Takshent, da União com a Rússia e medidas para fortalecer o país com “educação patriótica”. Muitos temas que já foram vistos na Ucrânia, com a identificação do Kremlin como uma ameaça tendo como consequência a proposição de medidas contra “agentes do Kremlin” dentro do país, na mídia e na sociedade civil (e, dentre elas, uma proposta de “bielorrussificação” das igrejas). Tão logo isso passou a ser denunciado na primeira semana depois das eleições, o site inteiro foi tirado do ar. A oposição, tendo entrado em um confronto prolongado que pelo visto não esperava (contando com a queda rápida de Lukashenko) sabe que esse tipo de coisa favorece o governo e cria um campo favorável para ele, por isso agora tentam se dissociar, falando deste programa como produto de uma iniciativa privada, apesar de ser uma articulação política envolvendo líderes da oposição. Tanto seus elementos de reforma econômica combinam com o que diziam políticos de oposição liberal em junho, como as supostas posições geopolíticas casam com os nacionalistas que tomam parte da coalizão (e na verdade, é um tanto óbvio que pelo menos uma parte considerável dos liberais é pró-OTAN). No mesmo dia que tal documento foi exposto na mídia estatal bielorrussa – e mais tarde, comentado por Lukashenko em reunião do Comitê Nacional de Defesa – o Conselho de Coordenação declarou oficialmente que desejam cooperar com “todos os parceiros, incluindo a Federação Russa”. Desinformação? Por mais provocativas que sejam as posições do suposto trecho do programa, é fundamentalmente o discurso normal de nacionalistas e liberais atlantistas em Belarus; agora que os dados foram lançados, é natural que a direção oposicionista que não reconhece os resultados das eleições procure se desvencilhar desses posicionamentos estranhos aos seu objetivo mais imediato, que é derrubar Lukashenko.² Ainda que os manifestantes possam ter motivações diversas, a situação atual está longe de ser livre do peso da geopolítica e das narrativas históricas que sustentam o caminhar de um país.
Notas:¹ – Procurando o trecho em russo no Google com um intervalo de tempo entre o primeiro dia de janeiro de 2020 até o primeiro dia de agosto (isto é, antes disso virar uma febre na rede russa), o próprio mecanismo de pesquisa oferece uma página do “Za Belarus” que contém o trecho, mas com um link quebrado – sinal de que há algum registro no cache do Google. A data é dia 25 de junho.
² – O Partido da Frente Popular da Bielorrússia acusou Lukashenko de “fake news” ao divulgar o que seria o seu programa como se fosse de Tikhanovskaya, tratando as medidas como “inevitáveis para Belarus” porém “fora de questão” no momento. O programa, naturalmente, é marcado pela retórica nacionalista e defende adesão de Belarus na OTAN, mas não usa o mesmo palavreado. Da mesma forma o programa do PFPB também tem princípios liberais-conservadores na economia.
submitted by Scabello to fullstalinism [link] [comments]


2020.08.27 02:12 catalystAlchemist Histórico de trocas de controle, e a polêmica PN x ON

Histórico de trocas de controle, e a polêmica PN x ON
Esse tópico não é uma recomendação de compra de ações preferenciais. Se não existe nenhuma diferença relevante de precificação entre a ON e PN no momento da compra, escolha a ON sempre
Acho que existe muita desinformação sobre os valores, e o que aconteceu nas trocas de controle. Com o objetivo de gerar uma discussão mais embasada no futuro, vou listar as condições em que ocorreram essas transições em vários casos famosos. Não sei de mais nenhum, se alguém quiser contribuir será bem-vindo. Talvez encontremos uma situação mais extrema de prejuízo para as PNs
Nenhuma dessas ações possuía tag along, salvo equívoco meu

https://preview.redd.it/7oiqfnvorxj51.png?width=1605&format=png&auto=webp&s=59352e4895a04eb67c4a23bb76e8b4ba3c8b9b49
OPA da Brasil Telecom pela Oi em 2009: Finalmente, o controlador também ofereceu a cotação ponderada do último ano, mas apenas para 1/3 das PNs. As demais foram incorporadas e é difícil dizer se houve diluição na mudança de estrutura societária
Notas:
Data da cotação antes do anúncio, quando possível. Algumas ações não tinham liquidez nenhuma
VIVT - Ainda não foi efetivada a conversão
VALE - Essa era aproximadamente a razão entre PN e ON no dia do anúncio. Se fosse 100%, as ONs teriam sido prejudicadas
ARCZ - Foi proposto 91%, mas a CVM interveio
TIMP - Fator baseado na média ponderada das cotações das PNs no período de 60 dias
https://www.euqueroinvestir.com/telefonica-vivt4-aprova-conversao-de-100-das-acoes-em-ordinarias/
https://valorinveste.globo.com/mercados/renda-variavel/noticia/2019/12/27/acionistas-do-grupo-pao-de-acucar-aprovam-conversao-de-acoes-preferenciais-em-ordinarias.ghtml
https://economia.estadao.com.bnoticias/geral,minoritarios-da-sadia-terao-direito-a-oferta,373670
https://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/acionistas-da-vale-aprovam-conversao-de-acoes-e-empresa-conclui-reestruturacao-para-melhorar-governanca.ghtml
https://br.advfn.com/noticias/ADVNEWS/2013/artigo/59972293
https://oglobo.globo.com/economia/vcp-atende-cvm-iguala-relacao-de-troca-para-acao-pn-on-da-aracruz-3146895
https://www.seudinheiro.com/2018/riachuelo/acionistas-da-guararapes-dona-da-riachuelo-aprovam-conversao-das-acoes-de-preferenciais-para-ordinarias/
Edit: Tabela ampliada, incluí também migrações para o Novo Mercado, já que nem sempre são 1:1
https://oglobo.globo.com/economia/weg-unifica-acoes-vai-para-novo-mercado-4209091
https://www.suafranquia.com/noticias/vestuario/2008/06/hering-vai-ao-novo-mercado-da-bovespa/
https://valor.globo.com/empresas/noticia/2018/07/23/via-varejo-vai-migrar-para-o-novo-mercado.ghtml
http://planin.com/suzano-papel-e-celulose-ingressa-no-novo-mercado/
https://ri.tim.com.bShow/Migracao-para-o-Novo-Mercado?=K72oS4HFsx0ZiFtPvpt1Aw==&IdCanal=G8zlGzL5uh4OTtaY2f7ALA==
submitted by catalystAlchemist to investimentos [link] [comments]


2020.08.27 02:04 menem95 Análisis The Walt Disney Company (NYSE:DIS)

Hola! Hace un par de semanas compartí una breve investigación que había hecho sobre American Airlines (NASDAQ:AAL) que fue relativamente bien recibida. Ahora comparto esta que hice sobre Disney (NYSE:DIS), quizás a alguien le sirva. Por supuesto recibo criticas, sugerencias, puteadas, etc.
-Link análisis AAL: https://www.reddit.com/merval/comments/i7eh5d/an%C3%A1lisis_american_airlines_nasdaqaal/

The Walt Disney Company (DIS)

The Walt Disney Company (NYSE:DIS) es una compañía multinacional estadounidense dedicada principalmente a los medios de comunicación masivos y a la industria del entretenimiento. Su sede está en Burbank, California, EEUU. La compañía cotiza bajo el ticker DIS, en Nueva York, a un precio de US$ 127,44 al 23/8/2020. Goza de un tamaño prominente, teniendo 223 mil empleados y una capitalización de mercado de 230.292M de dólares. Disney integra el índice Dow Jones Industrial Average (DJIA) desde 1991, y también integra el S&P 100 y el S&P 500.
Evaluando más en detalle el desempeño de la acción, la acción cotiza US$ 127,44 al 23/8/2020. Hace aproximadamente un año, el 26/8/2019 la acción cotizaba a US$ 137,26 lo que representa una caída aproximada del 7,15% anual (TTM). La caída es mas pronunciada YTD, Disney cotizaba US$ 148,2 a principios de año, por lo que al día de hoy la caída seria del 14%. No obstante, la acción a recuperado bastante valor después de la caída pronunciada que sufrió en Febrero-Marzo, llegando a cerrar a US$ 85,76 el 23/3/20 (habiendo subido un 48% desde entonces). Es para destacar que desde dicha caída se vio un significativo incremento en el volumen operado del papel. Mirando brevemente las medias móviles, vemos que la cotización actual esta por encima del promedio de 30 días (US$ 122,73), del de 90 días (US$ 115,98) y de 200 días (US$ 124,12). Con respecto al mercado, al 25/8, desde comienzo de año Disney se desempeñó por debajo del S&P 500 (5,7%), y del DJIA (-2,15%), con desempeño de -12,42% YTD.[1]
La compañía fue fundada en 1923 por los hermanos Walt y Roy Disney. A lo largo de su historia, Disney se consolidó como líder en la industria de animación estadounidense y luego diversificó sus negocios dedicándose a la producción de películas live-action, televisión y parques temáticos. A partir de 1980 Disney creo y adquirió diversas divisiones corporativas, para penetrar en mercados que fueran mas allá de sus marcas insignia orientadas a productos familiares.
Disney es conocida por su división de estudios cinematográficos (The Walt Disney Studios), que incluye Walt Disney Pictures, Walt Disney Animation Studios, Pixar, Marvel Studios, Lucasfilm, 20th Century Studios, Searchlight Pictures y Blue Sky Studios. Otras unidades y segmentos de la compañía son Disney Media Networks; Disney Parks, Experiences and Products y Walt Disney Direct-to-Consumer & International. A través de estas unidades, Disney posee y opera canales de televisión como ABC, Disney Channel, ESPN, Freeform, FX y National Geographic, así como también venta de publicidad, merchandising y música. También tiene divisiones de producción teatral (Disney Theatrical Group) y posee un grupo de 14 parques temáticos alrededor del mundo.
Es evidente la complejidad de las operaciones de Disney, por lo que vale la pena ir un poco mas a fondo en la composición de los segmentos operativos de Disney, en base al reporte anual de 2019 (mas representativo que el ultimo reporte trimestral en medio de la pandemia), donde encontramos cuatro segmentos relevantes. El primer segmento, denominado “Media Networks”, compuesto principalmente por los canales domésticos de TV, este segmento generó 24.827M US$ de ingresos en 2019 (un 34,7% del total). El segundo segmento es el de “Parks, Experiences and Products”, compuesto por los parques temáticos, resorts y cruceros de las compañías, así como también de las licencias de los nombres, personajes y marcas de la compañía y de los productos de merchandising propios, este segmento reportó 26.225M US$ de ingresos en 2019 (un 36,66% del total, el segmento mas relevante de la compañía). El tercer segmento, es el de “Studio Entertainment” que contiene las operaciones de producción de películas, música y obras de teatro, así como también los servicios de post-produccion. Este segmento reportó 11.127M US$ (un 15,55% del total). El ultimo segmento, quizás el mas interesante es “Direct-to-Consumer & International”, donde además de contener las operaciones internacionales de TV y servicios de distribución de contenido digital como apps y paginas web, se incluyen las unidades de servicios de streaming de Disney, compuestas principalmente por Hulu, ESPN+ y Disney+. Este sector reporto ingresos por 9.349M US$ (un 13,07%, enorme incremento respecto del 5,6% que reportó en 2018).
Respecto a la distribución territorial de las operaciones, es notorio el bagaje del mercado doméstico (EEUU y Canadá) donde concentraron en 2019 el 72,6% de las operaciones. Vale destacar también que hubo un incremento significativo interanual de las operaciones en los mercados de Asia-Pacífico (del 9,3% al 11,2%) y en Latinoamérica y otros mercados (del 3,09% al 4,61%).
En lo que respecta a la política de dividendos de la compañía, encontré registros de pago constante de dividendos desde al menos 1989. El ultimo dividendo fue el 13/12, habiendo pagado $0,88 y arrojando un dividend yield anual de 1,2%. La compañía decidió omitir el dividendo semestral correspondiente al primer semestre de 2020 por la pandemia del COVID-19.[2]
Evaluando un poco la posición financiera de la empresa, a junio de 2020, según el balance presentado, Disney tenia activos corrientes por 41.330M US$ y pasivos corrientes por 30.917M US$, lo que resulta en un working capital (activos corrientes netos, activos corrientes menos pasivos corrientes) de 10.413 US$. El working capital entonces representa el 33,68% de los pasivos corrientes (Con lo cual, el current ratio es de 1,34 apreciándose una mejoría respecto del 0,9 reportado en septiembre 2019). En relación con la deuda de largo plazo, la podemos estimar en 70.052M US$ (borrowings + other long-term liabilities), dado que en septiembre 2019 la cifra era de 51.889M US$, vemos que sufrió un aumento considerable (en el orden del 35%).
Respecto a los flujos de efectivo de Disney, vemos que en lo que va del año fiscal (septiembre 2019-junio 2020) Disney reportó flujo de efectivo por operaciones por 5949M US$, casi lo mismo que reportó para todo el año fiscal 2019 (5984M US$). Viendo la evolución de 10 años del CF de operaciones:

Año (sept-sept) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019
CF de operaciones (mill. USD) 6578 6994 7966 9452 9780 11385 13136 12343 14295 5984
Dif. Anual % 6,32 13,9 18,65 3,47 16,41 15,38 -6,04 15,81 -58,14
Viendo la evolución en 10 años del flujo de efectivo de operaciones, vemos que en 2019 hubo una drástica reversión de la tendencia al alza que se venia reportando (con un 58,14% de caída interanual). Esto se debe en parte a la política de adquisiciones de la empresa, que vemos reflejado en el flujo de efectivo por inversiones, equivalente en 2019 a -15.096M US$ (muy por encima del promedio de 2010-2018, equivalente a -4179,4M US$).
En lo relativo a las ganancias de la compañía, para el Q2 2020[3] Disney reportó pérdidas por 4721M US$ (contra una ganancia de 1760M US$ para el Q2 2019). La situación se atenúa considerando las cifras para los últimos nueve meses (Q4 2019-Q2 2020), donde Disney totalizó perdidas por 1813M US$. No obstante, la situación del COVID-19 distorsiona nuestro análisis a largo plazo, por lo que para analizar la evolución interanual desde los últimos 10 años, utilizare los datos de los reportes anuales (datando el ultimo de septiembre 2019).

Año (sept-sept) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019
Net Income (mill. USD) 3963 4807 5682 6136 7501 8382 9391 8980 12598 11054
Dif. Anual % 21,3 18,2 7,99 22,25 11,75 12,04 -4,38 40,29 -12,26
Como se puede ver en el cuadro, pese al revés sufrido por las obvias complicaciones de la pandemia, el historial de ganancias de Disney es sólido. La compañía tuvo en los últimos 10 años, 2 años de contracción en las ganancias (2017 y 2019), pero en términos generales, las ganancias crecieron a una tasa promedio del 13,02% los últimos 10 años. Para evaluar el crecimiento general estos 10 años, si tomamos el promedio de los primeros 3 años (2010-2012) y el promedio de los últimos 3 (2017-2019), las ganancias de Disney crecieron un 125,8%.
Mirando un poco de ratios, analizaré el EPS (Earnings Per Share) de la acción. Para el Q2 2020, Disney presentó un EPS negativo, de -2,61, contra un 0,98 obtenido en el Q2 2019. Refiriéndonos al desempeño pre-pandemia, el EPS promedio anual de los últimos 5 años fue de 6,3 y el ultimo EPS anual reportado (septiembre 2019) estaba ligeramente por encima, alrededor de 6,68.[4] En lo respectivo al Price/Earning, el P/E (TTM) al valor de la acción del 23/8 es de -208,9. No obstante, si eliminamos la distorsión producto de la pandemia, calculando las ganancias promedio de los últimos 3 años (de acuerdo con los reportes anuales), es de 18,38, lo cual es un valor aceptable dada la coyuntura de los últimos años. En lo que respecta al Price-To-Book (P/B) ratio, el book value a junio 2020, es de 50, por lo que el P/B (siempre al precio del 23/8) es de 2,54, un valor razonable dados los promedios de los sectores en los que Disney tiene incidencia.[5] El ultimo ratio a analizar es Price/Assets (P/E*P/B) que, (usando P/E con promedio de las ganancias de los últimos 3 años) arroja un valor de 46,68.
Sobre el soporte institucional de la compañía, Disney tiene un apoyo considerable, calculado en el 66,42% del flotante en manos de instituciones. Los tenedores líderes son Vanguard con el 8,22%; BlackRock (NYSE:BLK) con el 6,32% y State Street Corporation (NYSE:STT) con el 4,19%. Otros tenedores significantes (1-2%) son Bank of America (NYSE:BAC), MorganStanley (NYSE:MS) y Bank of New York Mellon (NYSE:BK).[6]
En lo respectivo al management de Disney, la primera consideración importante es respecto al legendario CEO de la compañía, Robert “Bob” Iger, quien, en febrero de este año, después de posponerlo por años, decidió dar un paso al costado como CEO de la compañía, dejando a cargo al director del segmento de Parques y Resorts, Bob Chapek. Esto duró poco, y en abril Iger volvió a tomar las riendas de la compañía.[7] No obstante, es altamente probable que, una vez estabilizado el panorama Iger retome su frustrado plan de dar un paso al costado.[8] En lo relativo a la compensación, Iger cobró 47.525.560 US$, los executive officers una remuneración promedio de 11.319.422 US$ y el empleado promedio de Disney cobró 52.184 US$.[9]
Una cosa que llama la atención del balance de Disney (septiembre 2019), es el incremento notorio del goodwill (de 31.269M US$ a 80.293M US$, un aumento del 157%). No obstante, este incremento puede deberse a la política de fusiones y adquisiciones de la compañía. Disney viene llevando en los últimos años una política de adquisiciones relativamente agresiva, ideada por el CEO Bob Iger, de las cuales podemos destacar 4 o 5 operaciones clave, la primera de ellas fue la adquisición de Pixar, la famosa empresa de animación que había despegado bajo la conducción de Steve Jobs y Ed Catmull, en 2006 por 7,4MM US$ (de esa adquisición se beneficiaron sacando películas muy exitosas como Up, Wall-E, Ratatouille, Toy Story 3, etc.). Otra adquisición clave, fue la compra de Marvel en 2009 por 4MM US$ (La última de sus películas Avengers: Endgame, la más taquillera de la historia de Disney, vendió entradas por 3MM US$). En 2012, Disney compró Lucasfilm (histórica productora de Star Wars), por 4,05MM US$, y posteriormente anunció una muy lucrativa tercera trilogía de Star Wars. Por último, en marzo de 2019, Disney concretó la adquisición de 2oth Century Fox, en marzo de 2019, por la extraordinaria cifra de 73MM US$, sus resultados aún están por verse.[10]
Analizar la competencia de Disney es algo trabajoso, dado la variedad de sectores en los que se involucra y la falta de compañías que abarquen tantos sectores como Disney. Considero que la compañía que más se aproxima en cuanto a sus operaciones y al volumen de las mismas es Comcast (NASDAQ:CMSCA), si bien Disney compite con numerosas empresas en numerosos sectores, como podrían ser, por ejemplo Cedar Fair (NYSE:FUN) o Six Flags (NYSE:SIX) en el negocio de los parques temáticos; ViacomCBS (NYSE:VIAC) o Discovery Communications (NASDAQ:DISCA) en el negocio mediático; así como Netflix (NASDAQ:NFLX) o Amazon (NASDAQ:AMZN) en el negocio del streaming, sobre los cuales hablare más adelante. También compite con segmentos de negocios de conglomerados grandes como Sony (NYSE: SNE) o AT&T (NYSE:T).
Observando a Comcast, el acérrimo rival, vemos que la capitalización bursátil es similar, siendo de 198.301M US$ para Comcast y de 234.538M US$ para Disney, así como los empleados, teniendo 190.000 (CMCSA) y 236.000 (DISN). El desempeño de ambas acciones es parejo, en términos generales Comcast tuvo mejor performance, sobre todo YTD (-3,47% contra -10,26%). En los márgenes y ratios también gana Comcast, supera ampliamente en gross margin (TTM) a Disney, con 56,78% contra 27,95% y en net margin (TTM) con 10,91% frente a un pobre -1,91%. El EPS (TTM) da 2,53 para Comcast contra -0,6 para Disney. Consecuentemente, Comcast pudo mantener un P/E positivo de 17,56.
Si bien los números parecen positivos en la comparación para el lado de Comcast, me parece relevante destacar que lo mismo que fue su mayor ventaja comparativa (la composición de sus segmentos operativos), puede ser lo que la haga perder en la comparación a futuro, dada la absoluta supremacía que tiene la operatoria relacionada con la televisión, así como la falta de un segmento de negocios dedicado al streaming de video (sobre el cual también me referiré mas adelante).[11]
Para analizar el futuro, creo que es relevante hacer unas breves conclusiones sobre la actualidad. En primer lugar, los segmentos operativos mas afectados fueron el segmento de parques temáticos, resorts, etc. y el segmento de los estudios cinematográficos con lo cual los ingresos de Disney este último trimestre quedaron a cargo, principalmente, de los canales de TV (que sufrieron una breve baja del 2%) y de los servicios de streaming.
Empezando por los sectores más afectados, respecto a la producción fílmica (Studio Entertainment), me parece que la situación no es crítica, claramente la situación de la pandemia redujo fuertemente los ingresos del sector (al haberse reducido lógicamente la asistencia a salas de cine). No obstante, el manejo del sector viene siendo exitoso hace años (en los últimos 2 años lanzaron 3 de las 4 películas más taquilleras de la historia de la compañía, Endgame, Infinity War, y el live-action de El Rey León), y no hay indicios de que esto vaya a cambiar en el futuro (hay un esquema de estrenos futuros interesante).[12]
En lo que respecta a los parques, las perspectivas no son tan buenas. La caída para el Q2 2020 fue del 85% en relación al Q2 2019. Es evidente que al haber una cuestión sanitaria de por medio, el turismo va a ser uno de los sectores mas afectados, habiendo sufrido una caída increíble en la primera mitad del año. [13] Actualmente, la actividad comercial de los parques temáticos está empezando a reanudarse, habiendo reabierto las operaciones en Walt Disney World en Florida, y estando a la espera de reabrir Disneyland en California, dada la incertidumbre de la pandemia.[14] No obstante, la recuperación fue peor de lo esperado y a partir de Septiembre Walt Disney World recortará los horarios de sus parques.[15] Asimismo, comparativamente, el desempeño de Universal Studios (propiedad de Comcast), parece ser mejor que el de Disney en esta reapertura.[16] No obstante, es importante destacar el carácter de líder absoluto de Disney en este sector,[17] con una competencia que difícilmente pueda igualar su posición, con lo cual si bien el desempeño en el corto plazo puede ser inferior al de la competencia, es altamente probable que recupere su posición dominante en el mediano-largo plazo.
Es interesante ver, en tercer lugar, el segmento “Media Networks” que consiste principalmente en los canales de TV que Disney posee. Este sector no tuvo una caída significante (solo del 2% para el Q2 2020 en relacion al Q2 2019) en el corto plazo, pero en el largo plazo, es evidente que la tendencia del sector es a desaparecer. Las encuestas y reportes muestran un lento descenso año tras año de la audiencia, tanto de TV en vivo, TV diferida y radio.[18] Con lo cual, a largo plazo, es previsible que este segmento sufra una disminución considerable en su volumen de operaciones.
También es previsible (y así lo reflejan las encuestas), que el reemplazo de la TV tradicional sea protagonizado por los servicios de video streaming (VOD), es decir, por las operaciones del cuarto segmento (Direct-to-Consumer). Disney tiene hoy 3 servicios de streaming, Hulu, ESPN+, y Disney+ (ofrece los tres en un bundle que cuesta US$ 12,99). Como ya dijimos, el incremento de los ingresos por estos servicios durante el FY 2019 fue significante. Veamos la evolución de los subscriptores a estos servicios en lo que va del FY 2020 (es decir, Q4 2019, Q1 2020 y Q2 2020).
Q4 2019 Q1 2020 Q2 2020
Hulu 30,4M 32,1M (+5,6%) 35,5M (+10,6%)
ESPN+ 6,6M 7,9M (+19,7%) 8,5M (+7,6%)
Disney+ 26,5M 33,5M (+26,4%) 57,5M (+71,6%)
Como se puede apreciar, el crecimiento es destacable, sobre todo de Disney+. Yendo producto por producto, cuesta encontrar competidores comparables con ESPN+, con lo cual Disney no tiene mucha competencia. Por su parte Hulu y Disney + son complementarios, la diferencia entre uno y otro radica principalmente en el catálogo (el de Hulu es un poco más ecléctico, el de D+ se centra principalmente en contenidos de marcas propias de Disney), así como también pequeñas características de Hulu que lo diferencian de otros servicios de streaming (incluyendo una versión alternativa de suscripción que incluye TV en directo). Estos dos servicios si se enfrentan a una feroz competencia, participando de la contienda denominada “streaming war” con gigantes como Netflix o Amazon Prime Video.
En ese orden, mientras Netflix tiene 193 millones de subscriptores,[19] y Amazon ostenta un numero similar o superior (habiendo ganado mas de 100M de subscriptores en un año), [20] Disney tiene solo 93 millones entre Disney+ y Hulu (nada mal, considerando que Disney+ está en su primer año de vida). Mirando hacia adelante es posible que el servicio que ofrece Disney expanda su base de subscriptores, así como también es muy probable que la competencia se recrudezca (incluyendo la incidencia de otros servicios como Apple TV+). En ese contexto, el principal motivo para pensar que Disney podría ganar la “guerra” los próximos años podría ser el amplísimo catálogo de licencias de personajes, series, y películas que posee el conglomerado (Star Wars, Los Simpson, Marvel y todos sus superhéroes, por solo mencionar algunos), que podrían tener muchísimo mas peso que las producciones originales de sus competidores. Por otro lado, el servicio de Amazon, por ejemplo, resulta mas atractivo en cuanto a pricing, porque le es ofrecido como un beneficio a todos los que cuentan con una subscripción de Amazon Prime)
A forma de conclusión, es difícil imaginar un futuro adverso a largo plazo para Disney. Sin embargo, su desempeño en el corto-mediano plazo dependerá de varios factores (quizás valga la pena analizar Comcast para el corto-mediano plazo, para el largo parece ser una desventaja fatal el hecho de que no estén compitiendo fuerte en la guerra por el streaming), en mi opinión, principalmente de la reactivación del turismo (tanto domestico como internacional) así como del desempeño de sus servicios de streaming (y el desempeño de sus competidores).
Fuentes
-Forms 10-K y 10-Q, principalmente los últimos, toda la información esta en https://thewaltdisneycompany.com/investor-relations/
-Yahoo! Finance: https://finance.yahoo.com/quote/DIS?p=DIS
-Otras fuentes, especificadas en los footnotes

[1] Datos en base a gráficos de https://www.tradingview.com/chart/
[2] Datos de https://www.macrotrends.net/stocks/charts/DIS/disney/dividend-yield-history y https://www.nasdaq.com/market-activity/stocks/dis/dividend-history
[3] El año fiscal de Disney comienza en septiembre, por lo que los reportes de ellos (y el orden de los trimestres del año fiscal) se presentan en consecuencia. No obstante, cada vez que me refiera a un determinado trimestre o quarter, lo hago en base al año calendario.
[4] En base a datos de los filings ante la SEC y de https://www.macrotrends.net/stocks/charts/DIS/disney/shares-outstanding
[5] En base a una comparación con datos de https://siblisresearch.com/data/price-to-book-secto
[6] Información de https://finance.yahoo.com/quote/DIS/holders?p=DIS
[7] Información de https://www.nytimes.com/2020/04/12/business/media/disney-ceo-coronavirus.html
[8] Si se quiere mas insight sobre Bob Iger, es recomendable la biografía de Steve Jobs que hizo Walter Isaacson
[9] Datos del proxy statement de 2020 https://otp.tools.investis.com/clients/us/the_walt_disney_company/SEC/sec-show.aspx?FilingId=13852150&Cik=0001744489&Type=PDF&hasPdf=1
[10] Ver https://www.cnbc.com/2019/08/06/bob-iger-forever-changed-disney-with-4-key-acquisitions.html , https://money.cnn.com/2006/01/24/news/companies/disney_pixar_deal/ , https://money.cnn.com/2009/08/31/news/companies/disney_marvel/ , https://www.bbc.com/news/business-20146942 , https://www.the-numbers.com/box-office-records/worldwide/all-movies/theatrical-distributors/walt-disney entre otros
[11] Comparaciones con el screener de TradingView: https://www.tradingview.com/screene
[12] Ver https://editorial.rottentomatoes.com/article/upcoming-disney-movies/
[13]Estadísticas del sector en: https://tradingeconomics.com/united-states/tourist-arrivals
[14] Ver https://www.usatoday.com/story/travel/experience/america/theme-parks/2020/08/10/disneyland-california-theme-parks-left-limbo-covid-19-surge/3319886001/
[15] Ver https://deadline.com/2020/08/walt-disney-world-cut-hours-september-1203008260/
[16] Ver https://www.foxbusiness.com/lifestyle/universal-sees-more-visitors-than-disney-amid-coronavirus-report
[17] Ver https://www.forbes.com/sites/niallmccarthy/2019/05/23/the-worlds-most-popular-theme-parks-in-2018-infographic/#7c2354e577ac , https://edition.cnn.com/travel/article/most-popular-theme-parks-world-2018/index.html , https://www.teaconnect.org/images/files/TEA_268_653730_180517.pdf
[18] Ver https://www.nielsen.com/us/en/insights/report/2020/the-nielsen-total-audience-report-august-2020/
[19] Form 10-Q Q2 2020 Netflix: https://d18rn0p25nwr6d.cloudfront.net/CIK-0001065280/bcff7d52-7a7d-4e0c-8265-4b6860929fb1.pdf
[20] Ver https://www.forbes.com/sites/petercsathy/2020/01/31/amazon-prime-video-the-quiet-ominous-streaming-force/#6abbe5e41f1a
submitted by menem95 to merval [link] [comments]


2020.08.24 16:21 butylkamoloka sera un trope? no lo se, pero busco peliculas con personajes del siguiente combo perfil psicologico > psicopata / manipulador + depresivo

Hola compañeros, como estan? vengo con una solicitud un tanto especifica.
Tengo una amiga muy deprimida que entre tantos problemas que esta atravesando, uno de los mas grandes fue una ruptura de amistad muy toxica de larga data, que la tiene un poco desorientada.
Estamos juntandonos a ver pelis que logren ponerla en situacion, y que la ayuden a entender sobre el papel que estaba cumplieando dentro de ese vinculo toxico, y que ella tiene salida. Su psicologa cree que es un buen ejercicio y esta ayudando recomendando pelis tambien.
Pero vamos solo tres peliculas y me estoy quedando sin repertorio
hasta ahora vimos >
- Ghost world (combo Enid + Rebecca, quienes no tenian nada en comun mas que odiar, y rebecca levemente le cela que su amiga esta experimentando cosas nuevas)
- Inocencia interrumpida (combo Susana + Lisa, ambas son un desastre pero Lisa es manipuladora y usa a la gente como recurso, ademas de validarse en su neurodivergencia)
- Belleza Americana (combo Jane + Angela, siendo Angela un vampiro emocional que siempre necesita rebajar a su amiga para refojar su autoestima)
Si conocen pelis con historias asi, de vampiros emocionales que quieran arrastrar a los demas consigo, les agradeceria!
submitted by butylkamoloka to Cinefilos [link] [comments]


2020.08.22 21:18 sbassi Cómo emigrar a EEUU ahora que no dan visas de trabajo

Muchos me preguntan cómo hice para irme a vivir a EEUU, básicamente porque quieren saber como obtener una visa para poder trabajar aca. Asi que voy a contar mi experiencia, con algunos disclaimers:
1- No soy abogado ni pretendo saber del tema, solo cuento lo que me ocurrió y si necesitan asesoramiento legal hay abogados especialistas en migraciones.
2- No digo que esta sea la única manera ni siquiera la mejor, es solo lo que me funcionó a mi y a mi esposa, YMMV.
Siendo Agosto de 2020 y en plena pandemia y con Trump en el gobierno quiero hacer algunas consideraciones: Por el alto desempleo (récord) que hay en EEUU, muchas visas de trabajo están suspendidas en la práctica. En lo legal hay un decreto presidencial que las suspende, pero entiendo que hay una batalla judicial sobre el tema, obviamente las grandes corporaciones que dependen de talento importado no están contentas con la situación y están demandando al gobierno. La situación es complicada, hay gente que tiene este tipo de visas y justo estaba de vacaciones en sus países natales (mostly India) cuando salió el decreto y no han podido volver, pese a tener casa alquilada en EEUU. Así que a efectos prácticos, estas visas (H1B, L1 y L2) están suspendidas por el momento.
Entonces qué visas quedan como para un emprendedor o trabajador? Existen las visas de inversion. La mas conocida es la E-5, pero está fuera del alcance de la gran mayoría, se requiere invertir al menos 900.000 dólares. Asi que descartada para mi. Pero hay otra visa, mas accesible, no es para cualquiera, pero al menos no hay que ser millonario en dólares para obtenerla. Es la visa E-2. Tiene varias particularidades:
1- No tiene monto mínimo. Al menos no explícito en la ley, en la práctica si lo tiene, mas abajo lo explico.
2- Es para ciudadanos de ciertos países, entre ellos los argentinos!
3- A diferencia de la de inversores, en la E-2 se requiere que el aplicante/solicitante trabaje en la inversión, no es cuestión que solo ponga la plata. Por eso hay que hacer un caso explicando porque el aplicante está capacitado para manejar personalmente el emprendimiento.
¿Cuál es el caso típico para otorgar esta visa? Por ejemplo un emprendedor que va a abrir una franquicia (ponele un McDonalds o un Subway, etc), o poner una inmobiliaria, etc, que va a invertir plata, trabajar en el emprendimiento y dar trabajo a otros. No sirve para ir a trabajar a una empresa de un tercero. Requiere crear su propia empresa en EEUU. Esto de crear una empresa en EEUU no es difícil, hay sitios que por 400 dólares o menos te hacen todos los trámites (incfile, legalzoom, etc).
Hablando de números: Si bien la ley que rige la E-2 no especifica un monto, si dice algo asi como que "la inversión debe ser sustancial como para que la empresa prospere y no sea un negocio marginal" (lo pongo de memoria, no dice eso pero esa es la idea). Entonces, esto en la práctica significa que si me presento con una propuesta de invertir 5000 dólares, me van a rebotar porque con esa plata no podes abrir ni un kiosko (incluso aunque te de para un kiosco, tampoco serviría porque quieren que sea algo no marginal). Entonces, de cuanto estamos hablando? Esto depende de la actividad que van a proponer, las capacidades que tengan, etc, pero un número "potable" mínimo es cerca de las 100 lucas. Pueden con menos, pero baja la chance de que le aprueben la visa. Es importante que los números cierren, por ejemplo, si proponen "un lavadero de autos de 4000 mil metros cuadrados en Manhattan" por 100 lucas, les rebotarán porque por esa guita imposible comprar las máquinas, el alquiler comercial en esa zona que es de lo mas caro del mundo, los permisos municipales, etc. Hay que saber los costos de las distintas actividades en las distintas zonas.
¿Cuál es la contra? Ademas de tener que tener la plata, lo mas complicado es que las condiciones de la visa E-2 pide que la plata esté en riesgo. Esto es jodido, es un catch-22 para muchos. En riesgo significa que la plata esté invertida en el emprendimiento para el momento de pedir la visa, no sirve presentar un extracto bancario por el monto necesario y decir "con esto hago la inversión". La gran mayoría debe estar "invertido" en el emprendimiento. Esto lo hacen supongo que para asegurarse que vayas a hacer el emprendimiento y no que consigas la visa, te mudes a EEUU y te dediques a cualquier cosa.
Esto conlleva 2 problemas:
1- Si te rechazan la solicitud podes perder lo que invertiste.
2- Para invertir esa plata, normalmente tenes que ir ahi y si vas como turista, ojo con hacer negocios que la visa de turista no te permite hacerlos.
En mi caso tuve un problema adicional: Presenté como emprendimiento una consultora de software, lo cual es un negocio poco tradicional para el formato en que hay que presentar todo, se nota que está diseñado como para emprendimientos "normales", y en la web si buscan van a encontrar mas data para cosas "físicas" mas que virtuales. Esto lleva a un problema mas, que una empresa de software en principio no requiere de una inversión sustancial, si están en rubro sabrán que con una notebook, un hosting o cloud service ya no hay mucho mas que gastar, porque para empezar ni oficina necesitas, trabajas en tu casa y si necesitas recibir un cliente contratas un espacio de coworking por ese dia y listo. Asi que me vi obligado a escalar el emprendimiento, no quedarme con la idea original, sino hacerla mas adecuada a lo que quieren para esta visa. Entonces en lugar de trabajar en mi casa, alquilé una oficina en WeWork, ahi son 1300 dolares por mes. Contraté abogado, no voy a decir lo que pagué, pero te hacen este trámite por aprox 5000 dólares + costos del estado (y ese monto lo podes poner como parte de la inversión, ya que lo es). También incluí los costos del trámite que cobra el gobierno de EEUU (ya que es un gasto asociado a esta inversión). Incorporé dar cursos, asi que compre cámaras, luces, micrófonos profesionales, etc. Asi que tuve que hacer un esfuerzo para llegar a esa cifra de 100K como para no tener problemas. Una parte si se la puede tener en el banco, porque se supone que uno va a necesitar alguna reserva hasta que tenga clientes y va a tener gastos para vivir. Asi que por ejemplo podes presentar 80K de boletas de compras y 20K en una cuenta comercial.
Ademas de la inversión, hay que presentar un plan de negocios creíble, donde se detalle como invertiste, cuales son tus capacidades para el negocio y como pensas ganar plata (¿tenes clientes? ¿como los vas a conseguir?). También hay que demostrar como obtuviste la plata que invertis, tiene que tener un origen legal y demostrable (para evitar blanqueo). En mi caso trabajé en EEUU con una visa de trabajo L2 por 4 años antes de aplicar para esta visa, asi que mostré mis declaraciones de impuestos donde queda claro que mi capacidad de ahorro es compatible con esta inversión. La carta de propuesta laboral de la empresa de EEUU donde trabajé antes que decia mi sueldo. Recibos de sueldo. Pero puede ser una herencia, una venta de un inmueble, una donación de un familiar, un préstamo, etc. Lo importante es que se pueda demostrar el origen.
También tuve que mostrar los extractos bancarios que mostraban que la plata salía de mi cuenta personal y llegaban a la cuenta comercial. Y las boletas de compra de los equipos, el contrato de alquiler. Todo debe estar documentado.
El trámite se puede hacer en Argentina o en EEUU. Recuerden que en esta visa, tener la plata no te asegura nada, aumenta las chances, pero tiene que quedar claro para el gobierno que el peticionante es quien va a trabajar, por eso tenes que armar un plan de negocios y un CV que no dejen dudas al respecto. Por ej. yo no puedo proponer que voy a poner un estudio de abogados porque no soy abogado ni tengo experiencia.
Una ventaja de esta visa es que el cónyuge del beneficiario puede trabajar en la empresa del titular o en otra cosa. Hay visas que permiten ir con tu esposa/o pero no le dejan trabajar.
Bueno, esto es todo lo que se me ocurre que les puede ayudar, no cuento cual es mi empresa ni quien es mi abogado migratorio porque no quiero que esto sea tomado como un chivo, esto es una contribución para ayudar a los que quieren irse y están buscando la manera. No es fácil, en mi caso la preparación de los papeles me llevó varios meses, hay que traducir todo al inglés y producir evidencia sólida de todo lo que se declara. Sé que no es para todos, pero supongo que a alguien le puede servir.
PS: Pienselo bien porque la situación en EEUU no está fácil, hay alta recesión, en la zona de la Bahia de SF donde están las tecnologicas los alquileres estan carisimos tipo 3000 por mes para 2 habitaciones, pero asi y todo, en mi opinión, está mejor que la Argentina, no hay inflación, salvo lo alquileres que aumentan 2% al año, y es todo mas fácil desde el punto de vista de los negocios, no hay trabas ni grandes cambios de leyes de un dia para el otro (salvo que seas una empresa china, sino preguntenle a Huawei o a TikTok).
submitted by sbassi to argentina [link] [comments]


2020.08.18 21:04 diogomoreira013 Ginásio pede dinheiro mesmo sem nunca ter frequentado

Boa noite. Há cerca de 1 ano queria inscrever-me num ginásio e como estava para abrir um Fitness Hut na minha cidade enviei alguns dados (nome, data de nascimento, nib, etc) para fazer a inscrição. Passado um tempo fartei-me de esperar que o ginásio abrisse e inscrevi-me noutro e o Fitness Hut só abriu passados uns 5 meses. Quando me inscrevi no outro ginásio liguei para o Fitness Hut para fazer o cancelamento ( pois tinham dito para o fazer desta forma) e pensei que estivesse resolvido. Recentemente começaram a enviar-me emails automáticos com mensalidades para pagar, estando atualmente a "divida" em cerca de 80€. Nunca pus os pés naquele ginásio nem assinei nenhum papel e só não me tiram o dinheiro porque a conta com o nib que dei já não existe. Posso vir a ter algum problema?
submitted by diogomoreira013 to portugal [link] [comments]


2020.08.15 00:27 Aryell_Emrys SARS-CoV-2 e o papel da transmissão orofecal: resumo das evidências

Jefferson T, Spencer EA, Brassey J, Heneghan C. In: Analysis of the Transmission Dynamics of COVID-19: An Open Evidence Review. Published Online July 17, 2020.
Centre for Evidence-Based Medicine, University of Oxford.
Várias evidências observacionais e mecanísticas relatadas nesta coletanea de evidências, apoiam a hipótese de que o SARS-CoV-2 pode infectar e ser eliminado do trato gastrointestinal humano.
Conduta
A conduta de ação deve enfatizar a vigilância de rotina dos alimentos, águas residuais e efluentes. A importância de medidas estritas de higiene pessoal, desinfecção com cloro de superfícies em locais com atividade presumida ou conhecida de SARS CoV-2 deve fazer parte de políticas públicas e campanhas de educação. Análise de fezes deve ser realizada na alta hospitalar e/ou nas superficies das instalações de detenção bem antes da data da alta e a alta deve ser condicionada à cessação da excreção viral fecal ou quarentena estrita e medidas de higiene pessoal naqueles que ainda excretam partículas virais pelas fezes, independentemente da excreção respiratória.
Investigação
Cada surto deve ser investigado e um relatório deve ser disponibilizado ao público rapidamente. O teste de fezes deve ser realizado em todas as pessoas envolvidas no surto. Como há evidências coerentes de ingestão, penetração de enterócitos e excreção de SARs CoV-2 vivos em possível analogia com SARs e agentes MERS, acreditamos que esta hipótese de trabalho deve ser testada por meio de estudos de caso-controle durante a investigação de surtos seguindo um protocolo definido .Os casos seriam casos de Covid-19 (com um subconjunto por presença de sintomas e gravidade) excretando vírions fecalmente ou não (casos e contatos) e os controles seriam pares saudáveis.A exposição a materiais potencialmente contaminados com fezes e as medidas de proteção tomadas seriam obtidas na entrevista. Para minimizar o viés de memória e apuração, os entrevistadores devem estar cegos para o status da excreção fecal e a entrevista deve ocorrer o mais rápido possível após o evento.A viabilidade dos isolados fecais e sua possível patogenicidade devem ser testadas em surtos, independentemente da presença de sintomas ou positividade do swab nasal.
A evidência atual sugere que a SARS-CoV-2 é transmitida principalmente por gotículas respiratórias e vias de contato e pode ocorrer entre indivíduos infectados pré-sintomáticos ou sintomáticos e outros em contato próximo.Foi demonstrado que o SARS-CoV-2 contamina e sobrevive em certas superfícies, mas, atualmente, nenhum relatório demonstrou diretamente a transmissão de fômites para humanos. O SARS-CoV-2 também foi detectado nas fezes de alguns pacientes, os quais, em conjunto com a transmissão de fômites, sugerem a possibilidade de o SARS-CoV-2 ser transmitido por via orofecal.Via Orofecal descreve uma rota de transmissão onde o vírus em partículas fecais pode passar de uma pessoa para a boca de outra. As principais causas incluem a falta de saneamento adequado e más práticas de higiene. A contaminação fecal dos alimentos é outra forma de transmissão orofecal.Outros vírus de RNA de fita simples, como os norovírus, são transmitidos principalmente pela via orofecal, seja pelo consumo de alimentos ou água contaminados, seja transmitido de pessoa para pessoa diretamente.
Nesta versão, resumimos 36 estudos examinando o papel potencial da transmissão orofecal da SARS-CoV-2 e incluímos evidências mecanísticas e observacionais de outros 22 estudos. Em geral, as evidências são de qualidade baixa a moderada. Fornecemos um resumo narrativo das evidências por meio de um link no final de cada título na coluna da esquerda. O artigo original está acessível através de links no resumo.
Embora a maioria dos coronavírus humanos seja considerada como não transmissível pelas fezes, este não é o caso em animais. O coronavírus felino, por exemplo, é normalmente eliminado nas fezes de gatos saudáveis ​​e transmitido pela via orofecal a outros gatos.Os porcos também são infectados pelo coronavírus gastroenterite transmissível pela via fecal-oral. O coronavírus de morcego infecta os tratos gastrointestinal e respiratório de morcegos aparentemente sem causar doença.A transmissão após a exposição às fezes de camelo também foi considerada biologicamente plausível, embora nenhuma evidência indique se isso é possível.
Há, entretanto, evidências de que o SARS-CoV-2 pode sobreviver a condições adversas no sistema gastrointestinal. Foi identificada em amostras endoscópicas do esôfago, estômago, duodeno e reto de pacientes com COVID-19; quantidades substanciais de RNA SARS-CoV-2 foram detectadas de forma consistente em amostras de fezes. [DIng S 2020] Várias evidências observacionais e mecanísticas apresentadas ao longo deste resumo de evidências apóiam a hipótese de que o SARS-CoV-2 pode infectar e ser eliminado do trato gastrointestinal humano.
--0--
Meu comentário:
" Em um grupo de 206 pacientes hospitalizados com COVID-19 leve, os sintomas digestivos estavam presentes em mais da metade: 48 apresentaram apenas um sintoma digestivo, 69 com sintomas digestivos e respiratórios. Pacientes com sintomas digestivos tiveram uma duração mais longa entre o início dos sintomas e a eliminação viral e eram mais propensos a ser positivos para o vírus fecal (73% vs 14%, P = 0,033) do que aqueles com sintomas respiratórios.
Uma análise de 626 esfregaços de superfície no Zhongnan Medical Center em Wuhan entre 7 de fevereiro e 27 de fevereiro de 2020 revelou que 14% das 626 amostras de superfície eram positivas para RNA viral. Um terço (32%) das zonas contaminadas foram encontradas na unidade de terapia intensiva, 28% na enfermaria obstétrica especializada para gestantes com COVID-19 e 20% na enfermaria para pacientes com COVID-19. As superfícies mais contaminadas foram impressoras de autoatendimento (20%), desktop / teclado (17%) e maçanetas (16%). Dispensadores de desinfetante para as mãos (20%) e luvas (15%) foram os equipamentos de proteção mais contaminados.
De 24 de janeiro a 4 de fevereiro, três pacientes infectados em salas de isolamento de infecções transmitidas pelo ar com antessalas e banheiros tiveram amostras ambientais de superfície coletadas em 26 locais. Em dois quartos de pacientes sintomáticos, após a limpeza de rotina todas as amostras foram negativas. No quarto do terceiro paciente, as amostras foram coletadas antes da limpeza de rotina e foram consideradas positivas em 13 de 15 (87%) locais (incluindo ventiladores de saída de ar) e 3 de 5 locais de banheiro (vaso sanitário, pia e maçaneta) positivo. O paciente C tinha envolvimento do trato respiratório superior e duas amostras de fezes positivas para SARS-CoV-2 na RT-PCR, apesar de não ter diarreia.
Um estudo em fevereiro de 2020, o hospital de doenças infecciosas de Nanjing, China, amostrou aleatoriamente os quartos de isolamento de 3 leitos do hospital de doenças infecciosas designado COVID-19, em Nanjing, China. A amostragem ambiental também foi realizada em quatro salas de isolamento, um posto de enfermagem, um corredor, um sistema de ar condicionado e outros espaços na zona de doenças infecciosas transmitidas pelo ar no quinto andar do hospital. Os procedimentos de amostragem são descritos com precisão e o responsavel por coletar amostras de ar precisou ser colocado em quarentena duas vezes, apesar de usar EPI completo. O fluxo de ar também foi avaliado entre o 4º e o 5º andar do prédio usando um traçador de fumaça."
Traços virais em antessalas e banheiros tiveram amostras ambientais de superfície encontradas em ventiladores de saída de ar, vaso sanitário, pias e maçanetas.
Dispensers teclados de computador, banheiros assentos sanitários,e maçanetas de portas e dutos de exaustão de ar foram os principais hot-spots com particulas virais viáveis
O vírus vivo estava contido em 5% das amostras de fezes assintomáticas, sugerindo que a transmissão orofecal é possível. Os outros 95% testaram positivo para o vírus em amostras de fezes. Digno de nota, vários testadores designados para realizar testes de qualidade do ar daqueles com vírus não vivo contraíram COVID apesar de usarem EPI completo. O vírus foi transmitido pelo ar e infectou hospedeiros vestindo trajes tychem, respiradores N95, luvas e outros EPIs.
A transmissão do vírus pelas vias orofecal e respiratória pode ajudar a explicar a rápida disseminação da doença.
submitted by Aryell_Emrys to coronabr [link] [comments]


2020.08.10 22:52 chrischi3 Is the charger cable virus from Casa de Papel possible?

I hope this is the right sub for this question. So, in Casa de Papel, a spanish drama series about a bank heist that you may have heard of, theres one scene where the Professor, on his part the mastermind behind said heist, sits in a cafe with Inspectora Murillo, just as her phone dies. Of course, the Professor knows exactly who she is because hes done some research. He offers her a charger cable and in the process puts a virus onto her phone. My question is, is this at all possible? I mean, yeah, obviously USB charger cables can send data onto a phone, i bet most of us have done this before. Would it be possible, however, to build a charger cable that sends data onto a phone without the phone noticing it?
submitted by chrischi3 to techsupport [link] [comments]


2020.07.30 05:40 altovaliriano Um Julgamento de Sete para Cersei Lannister

Ao final de A Dança dos Dragões, Kevan Lannister nos conta que Cersei finalmente conseguiu nomear à guarda real o campeão invocado por Qyburn (Sor Robert Forte) e requisitou à Fé que, ao invés de ser julgada por sete juízes como ocorreu a Margaery, lhe seja conferido a provar sua inocência via julgamento por combate:
Temos duas rainhas para julgar por alta traição, como devem se lembrar. Minha sobrinha escolheu julgamento por combate, segundo me informou. Sor Robert Forte será seu campeão.
(ADWD, Epílogo)
A rainha vinha lutando para arranjar um campeão decente, haja vista que sua guarda real estava desfalcada, algo que Cersei pensava justamente em usar contra Margaery Tyrell.
Como rainha, sua honra tem de ser defendida por um cavaleiro da Guarda Real. Ora, qualquer criança em Westeros sabe como o Príncipe Aemon, o Cavaleiro do Dragão, foi o campeão de sua irmã, a Rainha Naerys, contra as acusações de Sor Morghil. Mas com Sor Loras tão gravemente ferido, temo que o papel de Príncipe Aemon tenha de cair sobre um de seus Irmãos Juramentados – encolheu os ombros. – Mas quem? Sor Arys e Sor Balon andam longe, em Dorne, Jaime está em Correrrio, e Sor Osmund é irmão do homem que a acusa, o que deixa apenas... Oh, puxa…
Boros Blount e Meryn Trant – Senhora Taena soltou uma gargalhada.
(AFFC, Cersei X)
Afinal, Blont e Trant eram considerados ambos péssimas opções.
Margaery não respondeu de imediato, mas seus olhos castanhos estreitaram-se com suspeita.
Blount ou Trant – disse por fim. – Teria de ser um deles. Gostaria disso, não? Osney Kettleblack faria qualquer um deles em pedaços.
(AFFC, Cersei X)
Entretanto, com Sor Robert a seu lado as chances de Cersei vencer seu julgamento por combate aumentam significativamente, de forma que ela poderia passar a perna na Fé e no Alto Septão. Alguém poderia arguir que a Fé gostaria de inspecionar o campeão de Cersei antes de permitir que ele entre no julgamento, porém isso seria completamente fora das regras que conhecemos até agora.
Portanto, qualquer inovação neste sentido poderia dar argumentos aos apoiadores do regime Lannister contra a transparência e legalidade do julgamento, especialmente quando se têm em mente que Cersei será julgada antes de Margaery (no epílogo, a data de Cersei foi marcada, mas não há menção sobre a de Margaery). A invenção de novas regras para Cersei poderia deixar os Tyrell e seus vassalos (e seus exércitos) pouco à vontade sobre o que esperar no julgamento de Margaery, para dizer o mínimo.
Entretanto, existe uma coisa que está no direito da Fé fazer para minar as chances de Cersei vencer com escolha de um campeão que não pode morrer, ao mesmo tempo em que aumenta-se a legitimidade e sacralidade do julgamento por combate, ao invés de reduzi-la.
Dunk estava perdido.
Vossa Graça, meus senhores – disse, dirigindo-se para o estrado. – Não entendo. O que é esse julgamento de sete?
O Príncipe Baelor se mexeu com desconforto em seu assento.
É outra forma de julgamento por combate. Antigo, raramente invocado. Veio do Mar Estreito com os ândalos e os sete deuses. Em qualquer julgamento por combate, o acusado e o acusador pedem aos deuses que decidam a questão entre eles. Os ândalos acreditavam que se sete campeões lutassem de cada lado, os deuses, sendo assim honrados, ficariam mais dispostos a intervir e garantir que o resultado justo fosse alcançado.
(O Cavaleiro Andante)
Os eventos descritos no conto ‘O Cavaleiro Andante’ ocorrem aproximadamente cem anos antes de ‘As Crônicas de Gelo e Fogo’ e já nessa época é dito que um julgamento dos Sete não ocorria “há mais de cem anos”. Porém, o conto foi lançado em 1998, antes mesmo do lançamento de A Fúria dos Reis, o que fortalece a impressão de que Martin apenas estava ensaiando o acontecimento para lança-lo em algum momento nas ‘Crônicas’.
Entretanto, quatro livros foram lançados e Martin nunca trasladou o evento dos Contos de Dunk e Egg para a saga principal. O que nos leva a crer que ele o fará agora? Bem, aparentemente, por que o novo Alto Septão gosta de honrar o número sagrados dos ândalos:
A delegação da Fé era liderada por seu velho amigo, Septão Raynard. Seis dos Filhos do Guerreiro escoltaram-no pela cidade; juntos faziam sete, um número sagrado e favorável. O novo Alto Septão, ou Alto Pardal, como o Rapaz Lua o apelidara, fazia tudo em grupos de sete.
(AFFC, Cersei VIII)
E de fato, o Alto Pardal já inovou no julgamento de Margaery Tyrell, que será julgada por sete juízes, não por coincidência, mas em referência explícita ao número sagrado dos ândalos:
Tommen ama tanto sua pequena rainha, Vossa Santidade, que temo possa ser difícil para ele ou seus senhores julgá-la com justiça. Talvez o julgamento deva ser conduzido pela Fé?
O Alto Pardal uniu suas mãos magras.
Tive essa mesma ideia, Vossa Graça. Tal como Maegor, o Cruel, tirou um dia as espadas da Fé, assim Jaehaerys, o Conciliador, nos privou das balanças da justiça. E, no entanto, quem é verdadeiramente digno de julgar uma rainha, além dos Sete no Céu e dos devotos na terra? Um número sagrado de sete juízes presidirá este caso. Três serão do seu sexo, feminino. Uma donzela, uma mãe e uma velha. Quem poderia estar mais preparado para julgar a imoralidade das mulheres?
Assim, não seria fora do personagem do Alto Pardal poderia invocar um Julgamento de Sete caso sentisse que Cersei estaria de alguma forma tentando trapacear na escolha do campeão. Afinal, quando Cersei ordenou que Osney Kettleblack confessasse ter se deitado com Margaery, o Alto Pardal foi rápido em perceber que havia algo de errado e tomar as rédeas da situação, dentro de suas competências:
Ele lhe disse a verdade. Veio ter com você de livre e espontânea vontade e confessou seus pecados.
Sim. Ele fez isso. Já ouvi muitos homens confessarem, Vossa Graça, mas raramente ouvi um homem tão contente por ser tão culpado.
(AFFC, Cersei X)
O que é mais marcante neste caso é a forma com a qual o Alto Pardal vinha conduzindo a conversa com Cersei. Ao ficarmos sabendo momentos depois que ele ouvia Cersei pedir clemência por Margaery enquanto já havia obtido a confissão de Kettleblack, percebemos a natureza perniciosa e astuta do novo Alto Septão. E a escolha de um Julgamento de Sete tem diversos desdobramentos que poderiam complicar ainda mais a absolvição de Cersei sem que ninguém pudesse dizer que o Alto Pardal a estava perseguindo ou encurralando maliciosamente.
Terei que lutar contra sete homens, então? – Dunk perguntou, desesperado.
Não sozinho, sor – o Príncipe Maekar respondeu, impaciente. – Não banque o tolo, não vai adiantar. Deve ser sete contra sete. Precisa encontrar mais seis cavaleiros para lutar ao seu lado.
(O Cavaleiro Andante)
Dessa forma, Sor Robert não poderia defender sozinho a honra da Rainha. Haveria de ter mais cavaleiros. E como Rainha, Cersei somente poderia lançar mão dos homens da Guarda Real, como ela e o Alto Pardal estavam em consenso.
[Cersei] – Isto será o melhor. Com certeza, Margaery tem o direito de exigir que sua culpa ou inocência seja provada por combate judiciário. Se assim for, seu campeão deve ser um dos Sete de Tommen.
[Alto Pardal] – Os Cavaleiros da Guarda Real serviram como os legítimos campeões do rei e da rainha desde o tempo de Aegon, o Conquistador. A Coroa e a Fé falam a uma só voz quanto a isto.
(AFFC, Cersei X)
Porém, fazer com que os Sete Cavaleiros da Guarda Real compareçam a Porto Real não será possível. Jaime e Balon Swann estarão em missões próprias sem comunicação direta com Porto Real. Loras está mortalmente ferido em Pedra do Dragão. Dessa forma, só restariam a Cersei 4 cavaleiros: Robert Forte, Meryn Trant, Boros Blount e Osmund Kettleblack.
Só que a situação de Sor Osmund também é complexa, haja vista que “Sor Kevan jogara Osmund Kettleblack (e seu irmão Osfryd) nos calabouços na mesma hora em que Cersei confessara que tomara os dois homens como amantes” e o plano é que eles sejam enviados “a Muralha, se admitirem sua culpa. Se a negarem, podem encarar Sor Robert.” (ADWD, Epílogo).
Assim, mesmo que por alguma ventura Sor Osmund venha a lutar no julgamento de Cersei seria difícil de acreditar que ele lutaria até a morte para defender a rainha. E as regras do julgamento de Sete permitem que um cavaleiro se renda ao invés de lutar até a morte.
Se Sor Duncan for morto, significará que os deuses o julgaram culpado, e a disputa estará acabada. Se ambos os acusadores forem mortos ou retirarem as acusações, significará o mesmo. De outro modo, todos os sete de um lado ou do outro deverão perecer ou se render para que o julgamento termine.
(O Cavaleiro Andante)
De todo modo, a questão é que Cersei teria que destituir Jaime, Balon e Loras (e talvez Osmund) e arranjar 3 (ou 4) novos guardas reais para entrar no julgamento, o que parece especialmente difícil no momento atual.
Especialmente se Mace Tyrell se tornar regente de Tommen com a morte de Kevan Lannister, pois aí a seleção dos guardas reais necessariamente passaria por seu crivo. Isso dificultaria que Cersei arranjasse mercenários (como Bronn), ávidos para ganhar o favor da Rainha. Sem falar que Mace dificilmente aceitaria a destituição de seu filho da guarda real (mas a depender das compensações oferecidas pode pensar melhor).
A questão é que estas dificuldades seriam extremamente convenientes para a Fé, uma vez que o não preenchimento destes requisitos poderia acabar com o julgamento antes mesmo de ele começar, o que tornaria a nomeação de Sor Robert completamente inútil.
Ou seja, se Cersei não conseguir que a guarda real inteira compareça a seu julgamento, ou não consiga formar uma nova guarda, será considerada culpada de todos os crimes, antes mesmo que qualquer combate se realize.
Vossa Graça, meus senhores – ele disse –, e se ninguém quiser ficar ao meu lado?
Maekar Targaryen olhou para ele friamente.
Se a causa é justa, bons homens lutarão por ela. Se não conseguir encontrar campeões, sor, significa que é culpado. Pode algo ser mais claro?
(O Cavaleiro Andante)
Aqui me parece haver duas possibilidades.
A primeira é que Cersei não consiga suprir a regra, seja condenada, tenha sua execução agendada para depois do julgamento de Margaery, mas durante este evento a Rainha Mãe execute a Conspiração do Fogovivo 2.0. Dessa forma, não veríamos Sor Robert em ação no julgamento, mas ele seria poupado para posteriores atos de grande violência.
A segunda é que Cersei consiga arranjar os guardas reais reminiscentes entre homens de lealdade duvidosa e Mace Tyrell os aprove tanto por pressão, quanto por acreditar que eles não sobreviverão ao julgamento, ou mesmo que se renderão ao primeiro sinal de dificuldade. Entretanto, Sor Robert será capaz de vencer praticamente sozinho todos os sete campeões da Fé, em um feito sobrehumano de combate. E assim a Rainha estará livre, mas ainda assim executaria a Conspiração do Fogovivo 2.0.
.
O que vocês acham? Acham que poderá acontecer assim?
Pensam que Sor Osmund será permitido a lutar? Cersei conseguiria achar os guardas reais restantes? Quem seriam possíveis candidatos à nova guarda de Cersei?
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.07.28 18:55 aquele_inconveniente Porque cresce o Chega? [Republicação devido ao original ter sido removido pela moderação do r/Portugal]

Preâmbulo
Ao longo das últimas semanas tenho notado que quer eu, quer outros utilizadores que sei não serem apoiantes do Chega, começamos a defender com mais frequência certas acusações feitas contra esse partido ou o seu deputado. Não entendi porquê. Se não sou apoiante porque é que me vejo cada vez mais do lado de lá das trincheiras.
Notei também que o ataque na comunicação social e nas redes sociais contra esse partido é implacável e feroz. Entre as tácticas usadas encontram-se a seguinte:
Apesar disto tudo o Chega incha e sobe. As sondagens apontam para 7% e ainda nem um ano de legislatura ocorreu. Estes 7% são na gíria do marketing os early adopters. Aqueles que dão a massa crítica para que depois os restantes consumidores possam adoptar também esse produto ou tecnologia.
Penso haver dois grandes factores que contribuíram para um grande número de early adopters. A retórica contra o partido e a proliferação das redes sociais:

1. Retórica contra o partido

Se repararem com atenção, discute-se muito pouco o programa do Chega. Esse programa é paupérrimo em ideias concretas e contraproducente em muitas áreas mas poucos o leram e os poucos que tentaram avisar para isso foram abafados no resto de informação que circula sobre o partido.
O programa nunca foi verdadeiramente usado pela oposição. Toda a retórica está assente na acusação de racismo e/ou fascista ao André Ventura, e aos eleitores do Chega.
A chuva de acusações é tanta e de normalmente de forma tão exagerada e ridícula (lembram-se da saudação "nazi" na manifestação?) que a sociedade civil começa a não ligar às acusações. Aqueles que tentaram ver além dos títulos das notícias começaram a ver que afinal tudo não passava de uma caça-às-bruxas
Outros, como eu, apesar de terem lido o programa do partido e não concordarem com ele começaram a revoltarem-se contra a parcialidade da comunicação social e de certos utilizadores em redes sociais e começaram a defender o partido em prol da verdade. Essa defesa provavelmente criou outros que o defendam ou até mesmo verdadeiros apoiantes do partido.
Ou seja é o ataque é tão descarado que tem o efeito contrário de exacerbar o apoio naqueles que estariam susceptíveis a apoiar e não afectar aqueles que nunca votariam no partido de qualquer forma.
Pior, como se passa o dia nestas traquitanas, nunca se ouve o programa ou algo do partido, apenas alegações disto e daquilo e sempre com um foco no carácter do Ventura e não nas ideias que defende. Parecem os conservadores do pré 25 de Abril a dizerem que os comunistas eram maus, não porque tinham um teoria economica ridicula e oprimirem a liberdade das pessoas, mas porque comiam as criancinhas...

2. Redes Sociais

Como já não se precisa do telejornal para obter as noticias e perceber a opinião dos restantes portugueses a vida ficou mas dificil para quem quer controlar a "populaça" Quem vê TV ou ouve a rádio e depois vai ao facebook, reddit ou outra coisa percebe que há dois mundos muito diferentes.
As ideias que estavam escondidas e suprimidas pela progamática ideologica da comunicação social estão agora soltas. A conversa de café que se pensava ser só no "nosso café" e que no resto do país, pela televisão, não existiam, são agora comprovadas pelos comentários de centenas de pessoas que partilham a mesma opinião.
Ou seja, isto só tende a dar mais apoio a ideologias que estão na população e encontraram uma forma de terem a sua representação democrática por já não serem oprimidas.

O papel dos early adopters

Voltando ao tema da adopção, e tratando o Chega como algo um conjunto de ideias que se pode adoptar (por oposição a outros conjuntos de ideias no mercado vendidas por outros partidos) há cinco fases:
  1. Inovadores
  2. Adoptantes iniciais
  3. Maioria inicial
  4. Maioria tardia
  5. Atrasados
De forma muito simplista as etapas de adopção dependem em boa parte das etapas anteriories pois pode inibir ou potenciar o crescimento. Na minha opinião o Chega estará neste momento no ponto 2 mas com um número de adoptantes iniciais muito significativo. A quantidade de adoptantes iniciais tem um papel crucial no desenrolar futuro pois influencia as adopções seguintes. Ser 7% significa que à data a grande maioria de nós terá no seu círculo de amigos (assumindo que temos pelo menos um círculo de 15-20 pessoas) pelo menos um apoiante do Chega, sendo até mais relevante neste fórum já que o eleitor médio do Chega é mais novo do que o dos restantes partidos.
Isto significa que todos nós temos alguém que normaliza as ideias do partido. Essa pessoa vai ser geralmente alguém normal, que não tem a cabeça rapada, que não tem tatuagens e piercings, que trabalha numa PME ou na função pública. Alguém que parece igual a qualquer outra e que está longe de ser uma caricatura de extremistas (os skinheads da direita e os antifa da esquerda). Esta normalização vai retirar os tabu daquilo que o partido é. Perguntas políticas até agora proibidas socialmente passarão a ser normalizadas como os seguintes exemplos:
Esses early adopters que à vista de todos são pessoas normais, vão assim conquistar no seu seio de amigos os seguintes apoiantes.
Fica a questão para quem é contra o Chega. Ainda se vai a tempo de parar com a fantochada, trata-lo como um partido normal e deixar que o programa afaste eleitores, ou já conseguiram, por obra vossa, fazer deste partido a terceira força política do país?
submitted by aquele_inconveniente to portugueses [link] [comments]


2020.07.27 17:10 aquele_inconveniente Porque cresce o Chega?

Preâmbulo
Ao longo das últimas semanas tenho notado que quer eu, quer outros utilizadores que sei não serem apoiantes do Chega, começamos a defender com mais frequência certas acusações feitas contra esse partido ou o seu deputado. Não entendi porquê. Se não sou apoiante porque é que me vejo cada vez mais do lado de lá das trincheiras.
Notei também que o ataque na comunicação social e nas redes sociais contra esse partido é implacável e feroz. Entre as tácticas usadas encontram-se a seguinte:
Apesar disto tudo o Chega incha e sobe. As sondagens apontam para 7% e ainda nem um ano de legislatura ocorreu. Estes 7% são na gíria do marketing os early adopters. Aqueles que dão a massa crítica para que depois os restantes consumidores possam adoptar também esse produto ou tecnologia.
Penso haver dois grandes factores que contribuíram para um grande número de early adopters. A retórica contra o partido e a proliferação das redes sociais:

1. Retóricacontra o partido

Se repararem com atenção, discute-se muito pouco o programa do Chega. Esse programa é paupérrimo em ideias concretas e contraproducente em muitas áreas mas poucos o leram e os poucos que tentaram avisar para isso foram abafados no resto de informação que circula sobre o partido.
O programa nunca foi verdadeiramente usado pela oposição. Toda a retórica está assente na acusação de racismo e/ou fascista ao André Ventura, e aos eleitores do Chega.
A chuva de acusações é tanta e de normalmente de forma tão exagerada e ridícula (lembram-se da saudação "nazi" na manifestação?) que a sociedade civil começa a não ligar às acusações. Aqueles que tentaram ver além dos títulos das notícias começaram a ver que afinal tudo não passava de uma caça-às-bruxas
Outros, como eu, apesar de terem lido o programa do partido e não concordarem com ele começaram a revoltarem-se contra a parcialidade da comunicação social e de certos utilizadores em redes sociais e começaram a defender o partido em prol da verdade. Essa defesa provavelmente criou outros que o defendam ou até mesmo verdadeiros apoiantes do partido.
Ou seja é o ataque é tão descarado que tem o efeito contrário de exacerbar o apoio naqueles que estariam susceptíveis a apoiar e não afectar aqueles que nunca votariam no partido de qualquer forma.
Pior, como se passa o dia nestas traquitanas, nunca se ouve o programa ou algo do partido, apenas alegações disto e daquilo e sempre com um foco no carácter do Ventura e não nas ideias que defende. Parecem os conservadores do pré 25 de Abril a dizerem que os comunistas eram maus, não porque tinham um teoria economica ridicula e oprimirem a liberdade das pessoas, mas porque comiam as criancinhas...

2. Redes Sociais

Como já não se precisa do telejornal para obter as noticias e perceber a opinião dos restantes portugueses a vida ficou mas dificil para quem quer controlar a "populaça" Quem vê TV ou ouve a rádio e depois vai ao facebook, reddit ou outra coisa percebe que há dois mundos muito diferentes.
As ideias que estavam escondidas e suprimidas pela progamática ideologica da comunicação social estão agora soltas. A conversa de café que se pensava ser só no "nosso café" e que no resto do país, pela televisão, não existiam, são agora comprovadas pelos comentários de centenas de pessoas que partilham a mesma opinião.
Ou seja, isto só tende a dar mais apoio a ideologias que estão na população e encontraram uma forma de terem a sua representação democrática por já não serem oprimidas.

O papel dos early adopters

Voltando ao tema da adopção, e tratando o Chega como algo um conjunto de ideias que se pode adoptar (por oposição a outros conjuntos de ideias no mercado vendidas por outros partidos) há cinco fases:
  1. Inovadores
  2. Adoptantes iniciais
  3. Maioria inicial
  4. Maioria tardia
  5. Atrasados
De forma muito simplista as etapas de adopção dependem em boa parte das etapas anteriories pois pode inibir ou potenciar o crescimento. Na minha opinião o Chega estará neste momento no ponto 2 mas com um número de adoptantes iniciais muito significativo. A quantidade de adoptantes iniciais tem um papel crucial no desenrolar futuro pois influencia as adopções seguintes. Ser 7% significa que à data a grande maioria de nós terá no seu círculo de amigos (assumindo que temos pelo menos um círculo de 15-20 pessoas) pelo menos um apoiante do Chega, sendo até mais relevante neste fórum já que o eleitor médio do Chega é mais novo do que o dos restantes partidos.
Isto significa que todos nós temos alguém que normaliza as ideias do partido. Essa pessoa vai ser geralmente alguém normal, que não tem a cabeça rapada, que não tem tatuagens e piercings, que trabalha numa PME ou na função pública. Alguém que parece igual a qualquer outra e que está longe de ser uma caricatura de extremistas (os skinheads da direita e os antifa da esquerda). Esta normalização vai retirar os tabu daquilo que o partido é. Perguntas políticas até agora proibidas socialmente passarão a ser normalizadas como os seguintes exemplos:
Esses early adopters que à vista de todos são pessoas normais, vão assim conquistar no seu seio de amigos os seguintes apoiantes.
Fica a questão para quem é contra o Chega. Ainda se vai a tempo de parar com a fantochada, trata-lo como um partido normal e deixar que o programa afaste eleitores, ou já conseguiram, por obra vossa, fazer deste partido a terceira força política do país?
submitted by aquele_inconveniente to portugal [link] [comments]


2020.07.11 07:49 espiritossuperiores O relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal pode ser compreendido como uma área da psicologia e sociologia que estuda a relação de uma ou mais pessoas levando-se em consideração as suas origens, contextos culturais e localização atual dessas pessoas quando se relacionam.
Eu sendo um homossexual que se atrai exclusivamente por heterossexuais, por ser fadado ao eterno desprezo ou no máximo piedade deles, eu acabo impactos negativos nos meus relacionamentos interpessoais que me deixam em desvantagem em muitas situais, creio que os outros gays que sofram do mesmo problema irão aqui identificar os mesmos problemas que eu. Se você quiser que eu acrescente uma situação de relacionamento interpessoal aqui, deixe de forma clara a situação e o impacto que ela causa em sua vida, nos comentários abaixo.

  1. A timidez, muitas vezes estamos em um grupo onde precisamos tomar alguma atitude antes que algo pior nos aconteça, como você é gay e sente que ali ninguém tem afinidade com o tipo de vida que você tem, você acaba se fechando para não constranger aos outros e a si mesmo.
  2. Recalque: você sente muita atração por homens mas os seus colegas só sabem falar de assuntos sexuais inúmeros da farta sexualidade heterossexual deles, aí então quando você fala algo como um comentário elogiando um rapaz no meio da conversa, todo mundo fala em tom de nojo: ” iiih, que papo estranho!”, “sai fora!”, “o papo tá indo pra um lado estranho!”, enfim, todo tipo de desaprovação e ataque sutil psicológico contra você é lançado, fazendo com que você cale e se recalque no que queria falar ou expressar, consequentemente você começa ficar no grupo por obrigação e não por prazer.
  3. Ostracismo: os relacionamentos interpessoais é comum termos eventos onde unam-se pessoas para variados fins lúdicos, um exemplo disso são as festas de final de ano das empresas, nessas o constrangimento é menor pois você é obrigado a ir, agora quando os seus amigos fazem uma festa particular entre eles onde não se envolve a empresa, todos são convocados, menos você por ser diferente, por ser gay, você acaba então se sentido no ostracismo mas finge que tudo está normal com um sorriso amarelo no rosto.
  4. Desafios de carreira: todos nós na vida moderna temos uma série de cobranças de desempenho para atender, todos gerenciam isso com amortecedores psicológicos para deixar a vida menos tensa, heteros são cobrados para irem bem na faculdade, no emprego e em casa, você também, mas os heteros contam com barzinhos como porta de entrada para sexo farto, namoros em todos locais, adultérios e etc, todos remetendo à válvula de escape do sexo desvairado sempre pronto para acontece, você não, você é cobrado das mesmas coisas mas não conta com amortecedor tão forte como o sexo e a paixão correspondida, logo o seu desânimo para fazer as coisas é maior ou o desânimo dá lugar para o ódio e você fica uma pessoa que desempenha tudo com ódio descontado nos outros em suas atividades interpessoais.
  5. Inadequado: Você precisa de uma profissão mas aquela que você acha, exige uniformes ou fardas que lhe fazem se sentir um heterossexual sendo que você não é, aquela profissão lhe forja uma sexualidade que não é sua, consequentemente você acaba atraindo pessoas que não gosta e se sente um peixe fora da água, o que acaba fazendo a sua vida profissional ser tóxica ou curta.
  6. Redes sociais da depressão: você usa as redes sociais de forma intensiva mas percebe que ninguém do sexo pretendido interage com você, mesmo com a sua presença forte nessas redes, você nota que ninguém curte as suas postagens, suas fotos postadas ninguém nem comenta, deixando clara a sua falta de amizades e popularidade baixa a todos, você então se deprime pois ao se comparar com aquela sua amiga mulher repara que qualquer coisa sem valor que ela posta, tem milhares de curtidas e desejos de vida melhor para ela por parte do sexo oposto, você se sente inadequado e acaba excluindo a sua rede social.
  7. Distanciamento social: você percebe que suas brincadeiras são sempre recriminadas ou não entendidas pela maioria dos integrantes do seu grupo, você também nota que as pessoas sempre evitam ficar sozinhas com você em um lugares públicos para evitarem levar ‘má fama’ de terem um caso com você, os seus colegas falam horas e mais horas sobre assuntos que você não entende em sua frente sem constrangimento algum por você não interagir, é o caso do clássico debate futebolístico entre machos onde você fica sempre ‘sobrando’, então cada vez você começa a querer ficar longe das pessoas e romper as poucas ‘amizades’ que tem.
  8. Constrangimento em nome do grupo: hoje em dia as pessoas se sentem muito ofendidas por serem rotuladas de “anti sociais” então para evitarem essa rotulação aceitam qualquer tipo de constrangimento do ‘bom’ relacionamento em grupo ficando horas entre rapazes que ficam falando todos os tipos de coisa ruins contra homossexuais , mulheres e negros, tudo é tolerado e no fim a pessoa se sente horrível moralmente mas com o dever social cumprido.
  9. Repudio à datas comemorativas: você sabe que no meio heterossexual as pessoas usam as datas comemorativas como desculpa para obterem mais divertimentos entre amigos e aumentar as suas possibilidades sexo-afetivas, porem você sabe que quem é gay e gosta de hetero não desfruta das mesmas vantagens, sendo assim, qualquer feriado ou data comemorativa para você, lembra o seu ostracismo social, consequentemente você acaba ficando indiferente a todas elas, ate mesmo em relação a data do seu aniversário. Você não tem muito o que comemorar.
  10. Horror a barzinhos: você anda nas ruas e vê aqueles heteros lindos , sorridentes, felizes e aparentemente no cio, sempre gritando ou fazendo algo estúpido para chamar a atenção das mulheres para si e muitas vezes são as mulheres que fazem esse papel, você então fica triste pois embora aqueles homens sejam todos do tipo que você aprecia, eles são violentos e repudiam veementemente homossexuais, se você vai a bares gays, você sabe que lhe chegarão outros homens gays que não lhe causarão absolutamente nada, alem disso você corre o risco de num bar gay ser alvo de grupos radicais de extrema direita, por tudo isso você acaba evitando a vida noturna onde mora e fica 24 horas em cima de um computador com internet.
  11. Vulnerabilidade: por você sofrer todas as situações acima, numa relação interpessoal você acaba estando mais vulnerável quando precisar brigar por seus direitos ou pelo seu ponto de vista, mesmo você estando certo, você por ter um comportamento rotulado de antisocial acaba gerando antipatia gratuita nos outros e as pessoas tendem a acreditar e considerarem mais as pessoas “sociáveis” e sedutoras, veja-se o exemplo do Hitler que beijava criancinhas e seduzia os seus fãs com alguns sorrisos, ele ganhou carta branca para fazer o que fez graças também à sua sedução social, então, uma pessoa que aparentemente é antisocial ela passará uma imagem de ruim e sem credibilidade, quando uma pessoa “social” então inventar alguma mentira contra você para lhe colocar em uma encrenca, as pessoas darão mais crédito a ela do que você que é um gay “esquisito” que não se mistura com ninguém, por isso, socialmente o gay que gosta de hetero é muito vulnerável e num debate corre serio risco de ser “fuzilado” injustamente pelos colegas.
submitted by espiritossuperiores to gay [link] [comments]


2020.07.03 06:55 therealfatumbot Randonaut Trip Report from Arica, Región de Arica y Parinacota (Chile)

Anomalía dirigida por intención encontrada A-D9B3D95F (-18.423178 -70.307843) Tipo: Atractor Radio: 102m Poder: 2.44 Rodamiento: 2185m / 288.8° puntaje z: 4.25
Report: No data file
First point what3words address: cultura.empresa.papel Google Maps Google Earth
Intent set: Nani Artifact(s) collected? Yes Was a 'wow and astounding' trip? Yes

Trip Ratings

Meaningfulness: Casual Emotional: Desesperación Importance: Pérdida de tiempo Strangeness: Normal Synchronicity: Alucinante
a1f5c8a9c49e276dfa0e018c8983423a4770b05daaf4129c5294d844f7427ed6 D9B3D95F
submitted by therealfatumbot to randonaut_reports [link] [comments]


2020.06.27 13:26 Palmas100 Vai começar a festa

O essencial: Na edição #057 desta newsletter, comentei que esta medida era “a maior fonte de escândalos potencial da pandemia”. Continuo achando isso. Trata-se do poder que foi dado ao Banco Central por meio da Emenda Constitucional apelidada de “PEC da Guerra”, aprovada pelo Congresso em maio. O BC e sua máquina de criar moeda passa a poder adquirir diretamente de empresas privadas títulos emitidos por elas. Isso abre um campo gigantesco de preocupação em relação a quais critérios serão usados pelo Banco Central para definir quais empresas serão socorridas por ele, e com qual peso. As empresas interessadas no dinheiro do BC deverão apresentar suas propostas, a partir de chamados a serem abertos pela instituição. A seleção das propostas será feita pela Diretoria Colegiada. Nesta semana foi publicada a regulamentação dessa medida, com a especificação de regras a partir do que tinha sido definido na PEC da Guerra. Eis os principais pontos:

Real Oficial: Circular nº 4.028, de 23 de junho de 2020
Fonte> https://brenocosta.substack.com/p/brasil-real-oficial-062?token=eyJ1c2VyX2lkIjoxMzgzNTM4LCJwb3N0X2lkIjo1OTIzNTIsIl8iOiJKRFQ5ZyIsImlhdCI6MTU5MzI1NzA5MywiZXhwIjoxNTkzMjYwNjkzLCJpc3MiOiJwdWItNDUyNyIsInN1YiI6InBvc3QtcmVhY3Rpb24ifQ.DY0_ZcxjI2QW26xQVGBUp6iA12xe0lxbGuafYSEB3Kk
submitted by Palmas100 to investimentos [link] [comments]


2020.06.17 23:30 spotonmx El big data y su papel en la investigación de mercados

La investigación de mercados es una herramienta para las empresas que les permite conocer mejor a su audiencia para poder satisfacer sus necesidades. Es un procedimiento que se realiza previo a la campaña ya que los resultados son los que dictan cuál va a ser la mejor estrategia para su ejecución, pero que es el Big data y su papel en la investigación de mercados.
Las técnicas investigación de mercado han tenido que evolucionar a la velocidad que el consumidor lo requiere.Las técnicas tradicionales de investigación de mercado ya no son eficientes. No se pueden colectar sus sentimientos y su nivel de satisfacción al 100%. Por lo que las marcas buscan nuevas herramientas para poder averiguar qué es lo que sus clientes necesitan
Las personas hoy en día disfrutan de compartir su opinión en redes sociales, lo que hacen, a dónde van y qué marcas participan en su día, quieren ser escuchados y buscan que las marcas sepan que es lo que necesitan , lo cual facilita el poder conocer sus reacciones pero colectar toda esta información de manera manual suena muy exhaustivo y aquí es donde el Big data toma un rol en la investigación de mercados.
El big data ha cambiado la extracción de los datos en gran volumen y la forma de analizarlos para poder agruparlos de manera óptima, de tal manera que los datos puedan beneficiar a los departamentos involucrados en el producto, como la planeación, lanzamiento de producto, promoción, etc.

Diferencias entre Big Data y la Investigación de mercados

Se puede utilizar la información recolectada con Big Data para poder saber qué es lo que una persona compra comúnmente en línea y poder ofrecerle ofertas personalizadas de acuerdo con sus gustos pero la investigación de mercados nos da el porque el cliente compra de esa manera.
Los comportamientos de las personas cambian constantemente, lo que nos gustaba hace dos años posiblemente ya no lo utilicemos en estos días o incluso hace 2 meses, lo que significa que las predicciones que lanzó el Big Data no infieren en el comportamiento de compra de los clientes, pero la investigación de mercados si puede ayudarnos con este tema.
La investigación de mercado consiste en la búsqueda de emociones y razonamiento para el mejor entendimiento de cuáles son las motivaciones detrás de una compra.
Así que ahora sabemos que es el Big data y su papel en la investigación de mercados y nos damos cuenta que son un complemento. La investigación nos ayuda con la intención de compra y el Big data con el resultado del comportamiento
submitted by spotonmx to u/spotonmx [link] [comments]


2020.06.15 17:51 andromedacomp El Futuro Del Marketing Es Creativo : Así Funciona La Fusión De IA Con El Análisis De Emociones Humanas

El Futuro Del Marketing Es Creativo : Así Funciona La Fusión De IA Con El Análisis De Emociones Humanas

https://preview.redd.it/e887n35gi3551.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=f48541b9f84e1628bb46a2055dcc91e8159cb2cb
Antes de fundar andromeda computer y desde muy joven leí miles de artículos tecnológicos y científicos , que ya en esa época divisaban un futuro donde la inteligencia artificial seria muy importante en la vida cotidiana del ser humano, donde las empresas definitivamente tendrían un papel protagónico en el desarrollo de estas tecnologías para incrementar de forma exponencial sus beneficios. A pesar de toda la lectura e información y conocimiento adquirido durante años, no fue suficiente para prever los mecanismos, sistemas y estrategias que se pueden poner en practica gracias a los avances de la inteligencia artificial y ahora redes neuronales de las cuales me gustaría hablarles con mayor profundidad en un futuro post. Por ahora me centrare en repasar que hacen algunas de las empresas mas prolíficas e importantes de esta década, en función de las practicas de marketing fundamentadas en inteligencia artificial , big data y comprensión de las emociones humanas.

SEGUIR LEYENDO

submitted by andromedacomp to Gente_de_Negocios [link] [comments]


2020.06.02 02:23 MischiefManaged97 A época de exames no IST vai ser uma novela: prof a dar rage quit

Contexto: professor revoltadíssimo com as avaliações à distância dá rage quit.
O texto:
INFORMAÇÃO PARA OS ALUNOS DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 2 (CDI2)
No dia 28 de Abril o Conselho Científico e Pedagógico do Departamento de Matemática (DM) aprovou por unanimidade uma posição que, no essencial, foi:
“- O DM até à data não conhece uma solução que permita concluir que a avaliação final presencial (testes/exames) das Unidades Curriculares Horizontais de formação base em Matemática possa ser substituída por qualquer tipo de avaliação remota nas plataformas disponíveis, sem que a sua credibilidade, integridade e justiça fiquem seriamente comprometidas.
- O DM esta disponível para, em conjunto com os Órgãos do IST, procurar encontrar as medidas que sejam necessárias para que a avaliação final destas Unidades Curriculares Horizontais de formação base em Matemática possa ser feita sem comprometer seriamente os princípios fundamentais acima enunciados.”
Esta posição, respeitante às 8 Unidades Curriculares Horizontais do DM, foi transmitida aos Órgãos Centrais do Técnico (conselhos de Gestão, Científico e Pedagógico) e, em resposta, recebeu no dia 28 de Maio a reafirmação que as avaliações teriam de ser remotas.
Eu, um outro Professor de CDI2 e um Professor de CDI1-Semestre Alternativo não aceitamos fazer avaliações remotas, a não ser provas orais para quem não possa comparecer a prova presencial devido ao COVID-19. As minhas 4 razões principais para isso são:
1) Considero que não é possível garantir justiça e equidade nas classificações atribuídas neste tipo de disciplinas com avaliações remotas de provas prestadas a partir de qualquer lugar (se não for um número limitado de provas orais), e quando assinamos os livros de termos das classificações finais estamos a responsabilizar-nos pela justiça da classificação atribuída a cada aluno.
2) Entendo que os alunos devem prestar provas em condições o mais semelhantes possível com as a que estão habituados, para se poderem concentrar no conteúdo das perguntas e respostas sem outras perturbações e/ou dificuldades tecnológicas ou intromissões à distância durante as provas, de modo à avaliação ser sobre competências demonstradas na matéria da disciplina e não de outra natureza, como destreza digital ou outra.
3) Considero que a avaliação por respostas de escolha múltipla é inapropriada para avaliação na escala de 0 a 20 valores de uma disciplina como CDI2, e que os procedimentos que estão a ser considerados para realização e fiscalização de provas remotas com respostas escritas em papel e enviadas electronicamente, além de não assegurarem justiça e equidade, são demasiado complicados para que, a meu ver, os alunos possam ser avaliados justamente pelas suas competências na disciplina sem excessivas perturbações ou preocupações com aspectos que não têm a ver com a disciplina.
4) Várias das universidades de engenharia na Europa e nos EUA que mais respeito decidiram que não poderiam deixar de fazer as avaliações presenciais que tinham previstas, em alguns casos adiando-as (e.g ETH Zurich, EPFL Lausanne, KU Leuven, quase todas as boas escolas de engenharia da Alemanha, a U. Técnica da Dinamarca, a École Polytechnique de Paris, o MIT), ou que as classificações finais com provas remotas seriam só Aprovado/Reprovado (e.g. U. College London, U. Sheffield, Stanford U., Harvard U.), ou ainda que alunos do 1º ano transitam para o 2º ano sem avaliações (e.g. U. Edinburgh, U. Manchester). Há também outras universidades de topo que optaram por avaliações remotas. Contudo, é claro que as universidades referidas entendem que a substituição de avaliações presenciais por remotas e as classificações que se obteriam são inadequadas.
No que respeita às outras duas universidades públicas de Lisboa, o IUL-ISCTE prevê avaliações presenciais (na FIL-Expo) e a U. Nova de Lisboa determinou:
“quando a opção do docente para avaliação incluir um exame, deverá, sempre que possível, privilegiar-se a realização de provas presenciais e físicas, aspeto que fica reforçado com as instruções de desconfinamento, sem prejuízo que permanece actual – sendo até desejável em diversas situações –a necessidade de compatibilização entre provas presenciais e físicas e provas realizadas a distância”
e
“quando a opção do docente para avaliação incluir um exame, dar opção aos alunos de realização de provas presenciais e físicas, em alternativa à realização, apenas, de provas a distância”.
Além disso, em Lisboa há pelo menos uma universidade privada – U. Lusíada – que fará as avaliações finais presenciais inicialmente previstas (com a alternativa de prova oral remota para quem não possa comparecer).
Neste contexto, solicitei ao Presidente do Técnico autorização e apoio para avaliação presencial nos cursos a que dou aulas (com alternativa de prova oral remota), a realizar em grandes espaços (átrios dos Pavilhões de Civil e Central, e outros grandes espaços do Técnico ou da U. de Lisboa), com lugares separados de pelo menos 2 metros, uso individual de máscara, higienização dos espaços e das mesas antes de cada turno, realização consecutiva dos dois testes cada um em 1 hora.
Esta proposta começou por ser muito bem acolhida numa reunião a 23 de Maio, mas na 5ª feira passada (28 de Maio) foi-nos transmitido pelo Conselho de Gestão que não era aprovada por não garantir a avaliação “nas mesmas condições para todos os alunos” da disciplina, e que as avaliações finais teriam de ser todas remotas. Isto apesar de, mesmo em situações normais, os enunciados das provas serem diferentes entre turnos de provas, e até haver diferenças num mesmo turno, e das avaliações remotas que estão previstas (respostas de escolha múltipla para uns cursos e manuscritas com envio electrónico para outros) serem radicalmente diferentes.
Exactamente “nas mesmas condições” é obviamente impossível. O que é preciso é que sejam o mais possível equivalentes, e principalmente para alunos de um mesmo curso. O que se espera numa Universidade é que no âmbito de regras gerais com ampla flexibilidade sejam os Professores Responsáveis a definir as condições em que se realizam as provas que levam às classificações de que terão de assumir a responsabilidade assinando-as, em vez de lhes ser imposto um modelo único ou desrazoavelmente restritivo por órgãos administrativos que não têm competência legal para atribuir classificações e não as podem assinar.
Nesta situação, como não acredito na razoabilidade dos resultados destes tipos de avaliações remotas, pelas razões referidas, solicitei a minha substituição como Professor Responsável Geral de CDI2 no período de avaliações finais, pois não posso ser responsável por um processo com resultados de que não poderia assumir a responsabilidade. Essa é a explicação que senti necessidade de vos dar, de modo franco e suficientemente claro para que possam perceber porque vou ser substituído por outro Professor do Departamento de Matemática, provavelmente logo depois de hoje.
Cada Professor Responsável por cada bloco de CDI2 irá em breve informar sobre os procedimentos da avaliação remota desse bloco.
Tenho pena de não vos poder acompanhar como Professor Responsável Geral de CDI2 até ao fim.
Faço votos para que tenham os maiores sucessos no estudo e nas provas que vão realizar, e também na vossa vida futura como estudantes e profissionais.
Lisboa, 1 de Junho de 2020
Luis Magalhães, Professor Responsável Geral por Cálculo Diferencial e Integral 2 no IST

INFORMAÇÃO PARA OS ALUNOS DE CDI2 DE LMAC E MEFT
Como podem ver no anúncio precedente, devido a discordar em absoluto de avaliações finais remotas para este tipo de disciplina pelas razões aí expostas (excepto um número limitado de provas orais para quem não possa comparecer devido ao COVID-19), e depois de ter solicitado ao C. de Gestão do IST autorização e apoio para realização de provas presenciais nas condições adequadas (com a alternativa de provas orais remotas), o C. de Gestão acabou, a 28 de Maio, por não autorizar.
Como a minha discordância de provas remotas nas condições previstas é por razões muito fortes (explicadas no anúncio precedente) e, portanto, não seria responsável se as ministrasse ou fosse o Professor Responsável de uma disciplina em que fossem ministradas por outros, solicitei ser substituído por outros Professores do Departamento de Matemática como Professor Responsável Geral de CDI2 e como Professor Responsável da disciplina para LMAC e MEFT, o que deve ser já depois de hoje.
Como devem calcular, lamento fortemente que não tenha havido abertura para uma alternativa que me parece razoável e a melhor possível nesta altura, e até a mais próxima da que os alunos estão habituados e da que estava estabelecida inicialmente. Em particular, entristece-me não ser eu a avaliar os alunos a que dei aulas e que acompanhei ao longo deste semestre e também no semestre passado. Acho que os alunos não deveriam ficar nessa situação, mas, como provavelmente compreenderão, não posso ser responsável por um processo com resultados de que não poderia assumir a responsabilidade.
O meu serviço na disciplina terminará quando for nomeado o Professor que me substituirá, incluindo horários de dúvidas. Contudo, como atendo sempre quem me procure para falar de Matemática, e com acrescida satisfação quando são antigos alunos meus, estarei disponível para esclarecimento de dúvidas ou outras questões de Matemática que entendam pôr-me, a pedido por e-mail a que responderei combinando como o fazer em cada caso; não hesitem, pois é com total abertura e disponibilidade, e até com prazer, que responderei.
Quanto ao processo de avaliação, neste momento é certo que será remota, nas datas e num dos turnos marcados no Fénix e com os dois testes previstos consecutivos, para cada curso num turno que será indicado com antecedência.
O novo Professor Responsável por CDI2 para LMAC e MEFT irá informar os alunos, em breve, sobre os procedimentos da avaliação remota para estes cursos.
Tenho pena de não vos poder acompanhar como Professor Responsável de CDI2 até ao fim.
Faço votos para que o estudo e as provas que vão realizar vos corram o melhor possível.
Lisboa, 1 de Junho de 2020
Luis Magalhães, Professor Responsável por Cálculo Diferencial e Integral 2 para LMAC e MEFT
submitted by MischiefManaged97 to portugal [link] [comments]


5ª Temporada de LA CASA DE PAPEL - O que vai ACONTECER ... LA CASA DE PAPEL Temporada 4 Trailer Português LEGENDADO ... La casa de papel: Parte 4  Tráiler oficial  Netflix ... LA CASA DE PAPEL 3 É REPETITIVA?  Análise COM SPOILERS ... LA CASA DE PAPEL - 5° TEMPORADA NA NETFLIX, DATA DE ... Extended Bloopers  Money Heist  La Casa De Papel ... NETFLIX REVELA DATA DE ESTREIA de LA CASA DE PAPEL PARTE 4 ... La Casa de Papel: Parte 4  Trailer oficial  Netflix ...

La Casa De Papel Temporada 3: Data de Lançamento e ...

  1. 5ª Temporada de LA CASA DE PAPEL - O que vai ACONTECER ...
  2. LA CASA DE PAPEL Temporada 4 Trailer Português LEGENDADO ...
  3. La casa de papel: Parte 4 Tráiler oficial Netflix ...
  4. LA CASA DE PAPEL 3 É REPETITIVA? Análise COM SPOILERS ...
  5. LA CASA DE PAPEL - 5° TEMPORADA NA NETFLIX, DATA DE ...
  6. Extended Bloopers Money Heist La Casa De Papel ...
  7. NETFLIX REVELA DATA DE ESTREIA de LA CASA DE PAPEL PARTE 4 ...
  8. La Casa de Papel: Parte 4 Trailer oficial Netflix ...

Tudo sobre a 5° temporada de La Casa de Papel na Netflix, incluindo, data de estreia, sinopse e mais. As duas primeiras partes giram em torno de um ataque de... Análise completa com spoilers da parte 3 de La Casa De Papel, que estreou nessa sexta (19) na Netflix, que trouxe uma temporada mais dinâmica, mas personagen... Finalmente Netflix revela data de estreia de LA CASA DE PAPEL PARTE 4, SABRINA 3 e BIG MOUTH 4! Depois de algum tempo sem novidades, hoje tivemos o anúncio d... Deixe o caos começar. La Casa de Papel: Parte 4. Estreia em 3 de abril. Só na Netflix. LA CASA DE PAPEL Temporada 4 Trailer Português LEGENDADO (2020) © 2020 - Netflix Acompanhe Nosso Canal De Filmes Infantis E Para A Família https://www.yout... Who says that a heist cannot be fun? Catch the dream team pulling off the biggest heist in the recorded history in La Casa De Papel (Money Heist), streaming ... Que comience el caos. La parte 4 de “La casa de papel” llega el 3 de abril, solo en Netflix. A parte 4 de 'La Casa de Papel', assim como a parte 3, terminou com o seu final EM ABERTO... Onde o Professor e seu esconderijo foram descobertos pela inspet...